Indexcity lança cabine que desinfeta 100 carrinhos de supermercado em dois minutos

No portefólio está roupa de proteção reutilizável para profissionais de saúde, bem como uma gama de equipamentos e robôs de alta tecnologia. “É importante continuarmos a proteger-nos” apesar da vacina, diz a empresa.

A empresa portuguesa Indexcity, de produtos de combate e proteção contra o vírus SARS-CoV-2, está a desenvolver soluções para responder às obrigações e necessidades de higienização das empresas e consumidores. A subsidiária do grupo Regojo acredita que a utilização de equipamentos de proteção individual e a desinfeção dos espaços continuarão a ser uma tendência no próximo ano.

Para o mercado B2B, para as cadeias de retalho e sector têxtil, a Indexcity criou um arco que consegue desinfetar até 100 carrinhos e cestas de supermercado em dois minutos e uma cabine de desinfeção com tecnologia patenteada que permite higienizar peças de roupa e calçado em cinco minutos.

A empresa alega que garante a “máxima eficácia antimicrobiana” e defende que o anúncio de uma vacina contra a Covid-19 – que em Portugal começará a ser administrada entre os dias 27 e 29 de dezembro – “é uma boa notícia para todos”, no entanto a grande maioria da população portuguesa só será vacinada na segunda metade de 2021, o que significa que “é importante continuarmos a proteger-nos”, tal como defende a Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Acreditamos que os produtos da Indexcity poderão contribuir para que estejamos protegidos em todos os momentos. Vivemos uma nova realidade, um novo normal e a minha perceção é que não devemos pensar que foi encontrada a solução e que já não é preciso defendermo-nos deste este vírus”, afirma o diretor da Indexcity, Jaime Regojo, em comunicado enviado à imprensa.

No portefólio está roupa de proteção reutilizável para profissionais de saúde, bem como uma gama de equipamentos e robôs de alta tecnologia. Por exemplo, a máscara da empresa possui certificação CWA 17553:2020, e a Certificação ISO18184:2019 (do Tecido BI-OME que inativa o Covid-19), enquanto o tapete conta com certificação da SGS, que está patenteado e recorre a nanopartículas de prata, permitindo a desinfeção a seco das solas do calçado em poucos segundos sem produtos químicos.

Recomendadas

CAP contesta medidas sobre pagamentos e lamenta posição do Governo

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) contestou hoje as medidas sobre os pagamentos diretos para 2022, acusando o Ministério da Agricultura de desprezar “um leal e correto procedimento de consulta”, uma vez que estas não foram discutidas.

Confederação do Comércio e Serviços aplaude as novas medidas

Em comunicado, a entidade registou ainda “como positivo que a avaliação do nível de risco se baseie no critério da taxa de vacinação da população, ultrapassando as deficiências manifestas que a chamada ‘matriz de risco’ já evidenciava”.

Ramada dispara lucros semestrais para 6,2 milhões de euros

O resultado líquido consolidado registado no primeiro semestre de 2021 no valor de 6,17 milhões, apresentou um crescimento de 143,2% face ao resultado líquido do período homólogo do ano anterior.
Comentários