Isabel Ucha: “Entrada da Merlin Properties revela confiança na economia portuguesa”

Presidente do Euronext falou na cerimónia de admissão na Bolsa de Lisboa da empresa espanhola Merlin Properties.

A presidente da Euronext, Isabel Ucha, congratulou-se com a admissão na Bolsa de Lisboa da empresa espanhola Merlin Properties. A cerimónia decorreu esta quarta-feira, 14 de janeiro na sede da Euronext em Lisboa, com o tradicional tocar do sino, que encerrou mais um dia do mercado bolsista.

“Obrigado por escolherem a Euronext e Portugal para a vossa estratégia empresarial. A entrada da Merlin em Portugal é muito importante por várias razões”, começou por dizer Isabel Ucha.

A responsável da Euronext referiu que a entrada da SOCIMI espanhola no mercado bolsista português “é uma decisão da empresa que revela um investimento e desenvolvimento na economia portuguesa”, adiantando que “mostram confiança na nossa economia e também confiança nos investidores portugueses”.

Isabel Ucha acrescentou ainda que a chegada da Merlin Properties a Portugal é também importante para alguns instrumentos do mercado imobiliário português. “A Merlin é um exemplo na sua estratégia financeira. Tem uma estratégia de investimento arrojada”, salientou.

Sobre uma possível entrada da Merlin Properties no PSI 20, Isabel Ucha afirmou que “não existe nenhuma regra que impeça entrar no índice. Tem de cumprir as condições das outras empresas. Capitalização bolsista dentro do ranking, que são a liquidez e o volume de ações negociada ate à data para a revisão do PSI 20 na última sexta-feira de fevereiro. Teria todo o gosto que viessem a fazer parte, mas é importante que se faça esse caminho de liquidez”.

Relacionadas

Merlin Properties entra na Bolsa de Lisboa a valer 12,37 euros por ação

A admissão da imobiliária espanhola na bolsa portuguesa aconteceu esta tarde numa sessão realizada na sede da Euronext em Lisboa. A entrada é feita mediante o procedimento de “dual-listing” (cotação direta). A Merlin Properties já cotada em Espanha no IBEX 35 pretende assim fortalecer a sua posição no mercado português.
Recomendadas

Gestora de alojamento local supera 30 mil hóspedes em Portugal

A GuestReady entrou no mercado português no final de 2018 já registou um total de 315 propriedades geridas, tendo ajudado 205 proprietários no país a rentabilizar os seus imóveis.

‘Vistos Gold’: Retirar Lisboa e Porto é “sinal negativo para investidores”, diz APEMIP

A medida apresentada pelo PS foi rejeitada pela associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal que considera que a medida vai no sentido de tentar travar a procura no mercado, em vez de promover o aumento da oferta.

Avaliação das casas sobe para 1.321 euros/m2 em dezembro e fixa novo recorde

Este valor representa um aumento de nove euros face ao mês anterior. O valor médio da avaliação anual situou-se nos 1.286 euros/m2 , representando um crescimento de 7,9% relativamente ao ano anterior.
Comentários