ISQ debate turismo do futuro. Presente já se traduz em poupança de 30% na fatura energética dos hotéis

Neste debate promovido pelo ISQ, o foco está nas soluções de eficiência ambiental e energética que visam posicionar Portugal como um dos destinos turísticos mais competitivos e sustentáveis do mundo.

O desafio da sustentabilidade coloca-se, cada vez mais, como um compromisso de honra para os empresários portugueses e particularmente para os protagonistas do setor do turismo, mais do que uma meta é hoje uma realidade.

“Tal como o fez no digital, o setor do turismo pode liderar o movimento de aposta no desenvolvimento sustentável”, defende Pedro Matias, presidente do ISQ – Instituto de Soldadura e Qualidade, assegurando mesmo que este setor “é dos setores que mais apetência tem para absorver estas tendências e está fortemente empenhado nesta transformação”.

Recordando que o Programa Estratégico para o Turismo 2020-2027 “define um objetivo muito ambicioso: que 90% das empresas adiram a este processo de transformação”, em declarações ao Jornal Económico, o responsável explica o que se pode esperar do debate que o ISQ está organizar e que decorre hoje, dia 9 de setembro, na Estufa Fria, em Lisboa.

Determinados em apresentar soluções concretas para turismo, razão pela qual desenvolveram este evento em parceria com o Turismo de Portugal, o ISQ vai partilhar medidas de eficiência energética que permitem, por exemplo, a um hotel poupar 20 a 30% da sua fatura. “Já o fizemos no Hotel Corinthia em Lisboa e estamos a desenvolver um estudo com a AHETA na região do Algarve. Também na área da gestão da água e dos resíduos temos soluções específicas em termos de software para o turismo que permite poupanças importantes.

Estamos também a desenvolver com vários parceiros um tijolo feito a partir de beatas de cigarro e temos soluções de produção de alimentos em ambientes controlados que são a última tendência da alimentação no setor hoteleiro”, avança ainda o responsável.

Neste evento, anunciado como o primeiro debate nacional sobre a sustentabilidade no turismo, e sob o mote “Towards a Sustainable Tourism Industry”, estarão reunidos um conjunto variado de players da indústria do turismo nacional e internacional que irão partilhar casos de sucesso com as soluções de eficiência energética, ambiental e monitorização ambiental do ISQ e suas participadas.

A iniciativa comtempla ainda um espaço de exposição permanente de empresas, decorrendo, em simultâneo, ao longo do dia sessões temáticas sobre Eficiência Energética e Ambiental, Sustentabilidade Social, Instrumentos de Apoio Financeiro e Vantagem Competitiva da Certificação, o que permitirá a intervenção do público com perguntas aos oradores.

Ler mais
Recomendadas

Seguradora Fidelidade entra no mercado chileno

Com esta entrada no Chilea Fidelidade vai também apostar em alianças com parceiros estratégicos locais, alavancadas numa rede ampla de corretores e grandes retalhistas e de bancassurance, apostando numa qualidade de serviço superior com o objetivo de proporcionar o melhor serviço aos clientes.

PAN pede campanha informativa sobre 5G em Matosinhos

Matosinhos tem uma Zonal Livre Tecnológica, promovida pelo CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento, da qual faz parte a NOS. A operadora usa a zona para testar 5G e em outubro anunciou ter coberto “integralmente” com a nova tecnologia móvel. Agora o PAN pede palestras, conferências e debates por toda a cidade para explicar o que é o 5G.

PremiumPropostas não vinculativas pela Brisa são esperadas até 19 de dezembro

O grupo José de Mello e o fundo Arcus, que controlam a maioria do capital, colocaram à venda 80% da empresa (40% cada um).
Comentários