Os 25 melhores lugares para trabalhar em Portugal. O Jornal Económico foi ver a classificação geral

A Mars lidera a classificação geral dos melhores ambientes de trabalho deste ano do Great Place to Work Institute. Seguem-se SAS e Mundipharma. Conheça aqui o ‘top’ 25.

É um clássico. Todos os anos, o The Great Place to Work avalia os ambientes de trabalho de empresas de vários setores de atividade de vários países. Este ano são cerca de 60, entre os quais Portugal. O Jornal Económico dá-lhe a conhecer o TOP 25 no nosso país e os vencedores nas quatro categorias por dimensão da empresa: menos de 100 colaboradores; entre 100 e 500; entre 501 e 1.000 e acima de 1.000.

Na categoria entre 100 e 500 colaboradores lidera a Mind Source, empresa especializada em projetos de consultoria e outsourcing na área da Tecnologias de Informação (TI). No ranking do Great Place to Work 2019 conquistou também o quarto lugar da classificação geral, o que significa uma subida de seis lugares relativamente ao ano de 2018.

A consultora, que foi uma das primeiras empresas no país a apostar num ambiente de trabalho positivo, arrecadou ainda o prémio “Liderança”, uma distinção que, segundo refere em comunicado, “vem reforçar o esforço da empresa na implementação de uma política de reconhecimento das funções de liderança e no desenvolvimento de planos de motivação, crescimento profissional, gestão de talento e de carreiras”.

Na categoria entre 100 e 500 colaboradores das melhores empresas para trabalhar em Portugal destaque ainda para a Janssen Farmacêutica Portugal (2.ª) e Cisco (3.ª).

O The Great Place to Work avalia também as empresas com menos de 100 trabalhadores, as empresas com mais de 500 e menos de 1000 colaboradores e as empresas com mais de mil colaboradores, elaborando ainda um ranking global.

Na categoria entre 501 e mil colaboradores brilham a tecnológica ROFF, a Cofidis e a consultora EY.

Já a empresa de recursos humanos especializada em contact centre Teleperformance Portugal é primeira no grupo das melhores para trabalhar com mais de 1000 colaboradores, seguida do Banco Santander.

A categoria da melhor empresa para trabalhar com menos de 100 colaboradores é liderada pela Mars, empresa que distribui as marcas M&M’s, Snickers, Skittles e Whiskas. O Top 5 inclui também a SAS Institute Software, Mundipharma, OnRising e Estoril Sol Digital.

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º Lugar Mars (Mars Ibéria e Royal Canin) Comércio e Distribuição

2º Lugar SAS Institute Software Tecnologias de Informação

3º Lugar Mundipharma Farmacêutico

4º Lugar Mind Source Tecnologias de informção/Consultoria

5º Lugar Janssen Farmacêutica Portugal Farmacêutico

6º Lugar Cisco Portugal Tecnologias de Informação

7º Lugar OnRising Tecnologias de Informação

8º Lugar AbbVie Farmacêutico

9º Lugar Estoril Sol Digital TI//Lotarias e outros jogos de apostas

10º Lugar Medtronic Portugal Saúde/Venda Produtos Médicos

11º Lugar ROFF Tecnologias de Informação

12º Lugar Growin Tecnologias de Informação

13º Lugar Cofidis Banca e Seguros

14º Lugar SEG Automotive Portugal Serviços

15º Lugar Webhelp Braga Serviços

16º Lugar Nissan Ibéria, S.A. – Sucursal Por. Transf. P./Aut.

17º Lugar LG Electronics Portugal Comércio e Distribuição

18º Lugar Teleperformance Portugal Serviços

19º Lugar Banco Santander Banca e Seguros

20º Lugar 3M España, S.L., Sucursal Por. Comércio e Distribuição

21º Lugar Bayer Portugal Farmacêutico

22º Lugar Carglass Atividades Industriais

23º Lugar EY Serviços

24º Lugar INFINEON Serviços

25º Lugar MORE Results Serviços

Ler mais
Recomendadas

Projeto-lei do PAN que regulariza propinas em atraso foi aprovado

O projeto-lei que defende um novo mecanismo de regularização de propinas em atraso foi hoje aprovado pela Comissão. No novo documento prevê-se um plano de pagamentos às instituições em prestações.

Turismo de Portugal requalifica campus e expande oferta num investimento de 24 milhões

O projeto envolve instituições públicas e empresas privadas e será financiado em 40% por privados, sabe O Jornal Económico.

Madeira com nota positiva a Português e Matemática nos exames finais do 3º ciclo

A média em Português foi de 58% e em Matemática atingiu os 54%.
Comentários