Já viu o “Jogo Económico”? Saiba que potencial tem o turismo desportivo em Portugal

Na última edição do “Jogo Económico” debatemos o impacto económico do turismo desportivo em Portugal. João Marcelino e Luís Miguel Henrique e o convidado António da Cunha, CEO da Move Sports, dão a sua opinião sobre este tema.

Nesta edição, os comentadores residentes, o jornalista João Marcelino e o advogado e consultor Luís Miguel Henrique, moderados pelo jornalista José Carlos Lourinho, debateram o impacto económico do turismo desportivo Portugal.

Para esta edição, contamos com a participação especial de António da Cunha, CEO da Move Sports, uma das empresas que lidera este segmento em Portugal.

O turismo vive o melhor período de todos os tempos em Portugal: em 2017, as receitas provenientes do turismo foram de 17 mil milhões de euros e a tendência é para que continuem a crescer nos próximos anos.

Neste bolo de milhões, há uma fatia que se desconhece, gerada pelo turismo desportivo.

Só para a prática de golfe, Portugal é visitado por 300 mil turistas todos os anos. Estima-se que gastem 120 milhões de euros em Portugal.

No ano passado, em apenas 11 dias, o campeonato mundial de surf em Peniche gerou 14 milhões de euros à economia local e uma taxa de ocupação de quase 100% nos hotéis e restaurantes.

Recomendadas

O Jogo Económico: Veja aqui em direto o programa desta semana

Acompanhe o “Jogo Económico” em direto todas as quintas-feiras, às 21:00, no site e nas redes sociais do Jornal Económico. E reveja-o através da plataforma multimédia JE TV.

EXCLUSIVO: MP abre inquérito a Bruno de Carvalho por suspeitas de burla a construtora do Pavilhão João Rocha

Investigação foi aberta pelo DIAP de Lisboa, após empresa que foi responsável pela construção do pavilhão João Rocha ter apresentado por burla contra o ex-presidente do Sporting e os restantes elementos da sua direcção. Em causa está a apropriação indevida de uma garantia bancária de 375 mil euros, dias antes de Bruno de Carvalho ter sido destituído.

Eleven Sports em risco de fechar operações no Reino Unido

O serviço de streaming online não conseguiu garantir um acordo para a transmissão de jogos em canais assinados.
Comentários