Já viu o “O Jogo Económico”? O que ganhámos com a criação das SAD em Portugal?

Esta semana, "O Jogo Económico" debatemos se o desporto português ficou a ganhar com a criação das SAD. Conheça as opiniões de Luís Miguel Henrique, João Marcelino e do convidado, o empresário Pedro Baltazar, moderados por Andressa Pedry.

Cristina Bernardo

Na última edição do programa que aborda os aspetos económicos e financeiros do desporto, os comentadores residentes, o jornalista João Marcelino, o advogado e consultor Luís Miguel Henrique e o convidado, Pedro Baltazar, empresário e administrador da Sporting SAD entre 2009 e 2011, debateram, com moderação de Andressa Pedry, o papel das SAD na gestão no futebol português.

As SAD em Portugal conseguiram implementar-se respeitando o património histórico e cultural do clube, apesar das dúvidas que se criaram há 20 anos sobre esse risco potencial, o de descaracterização do emblema desportivo? Estas estruturas têm cumprido o seu objetivo de facilitar a entrada de novos investidores? Como se pode avaliar a entrada de investidores duvidosos nas SAD de alguns clubes mais necessitados de investimento? Além disso, os defensores das SAD consideram que esta forma jurídica é um bom instrumento de organização de toda a estrutura do clube, de elevada capacidade de integração e agregação, própria de empresas ambiciosas. Pode dizer-se que atingimos esse repto no nosso país?

Além disso, o painel também debateu o atual momento do Sporting, numa altura em que estão a ser oficializadas as candidaturas para as eleições de 8 de setembro.

Veja aqui o programa desta semana.