JE e Accenture promovem conferência sobre impacto da inovação nas operações das empresas

A conferência terá como orador convidado José Fernandes, responsável europeu pela Accenture Operations, e será transmitida através da plataforma multimédia JETV e das contas do Jornal Económico nas principais redes sociais, a partir das 10h00 de 13 de julho.

O Jornal Económico e a consultora Accenture vão promover um observatório sobre “operações inteligentes para organizações future-ready”, que vai discutir como podem as organizações tornar-se mais inteligentes, utilizando ferramentas de recolha e tratamento de dados e utilizando-os nos processos decisões.

A conferência terá como orador convidado José Fernandes, responsável europeu pela Accenture Operations, e será transmitida através da plataforma multimédia JETV e das contas do Jornal Económico nas principais redes sociais, a partir das 10h00 de 13 de julho.

Contará com a participação, no debate de Hugo Gouveia, administrador da EDP Comercial; José Nogueira da Silva, chief operating officer da Generali Seguros; Miguel Correia, subdiretor-geral da área de Gestão Tributária do IVA, da Autoridade Tributária e Aduaneira; João Gaspar da Silva, chief operating officer dos CTT; e Carla Baltazar, managing director responsável pela Accenture Operations.

A moderação estará a cargo de Filipe Alves, diretor do Jornal Económico.

Esta conferência tem como objetivo estimular um ambiente de debate e discussão sobre como o impacto da inovação e das operações inteligentes, tendo por base a tecnologia, se tornou essencial para organizações obterem uma maior eficiência e rentabilidade, com velocidade e escala de forma estável, preditiva e preparada para o futuro.

Segundo um estudo recente da Accenture, as organizações future-ready conseguem um aumento da rentabilidade de 5,8 pontos percentuais e ganhos de eficiência de 18,8%, graças a implementação de medidas inovadoras focadas em tecnologia, talento e processos.

Recomendadas

Sucesso das empresas da indústria dependerá dos “recursos humanos”

Ter a capacidade de reter talento será fundamental para o sucesso das empresas, consideram os participantes na conferência sobre “a aceleração exigida á indústria”, promovida pelo Jornal Económico e pela Multipessoal.

JE e Multipessoal promovem debate sobre a indústria

Digitalização e formação são entendidos como fatores críticos de sucesso e indispensáveis para a competitividade das empresas.

Desafios da indústria portuguesa são tema de debate

Conferência sobre “a aceleração exigida à indústria”, promovida pelo JE em conjunto com a empresa de recrutamento Multipessoal, contará com a participação de António Saraiva, presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal; Luís Fernandes, CEP da Cimpor; Tiago Monteiro, diretor executivo da Microsoft Portugal; Pedro Vitorino, senior finance director da Farfetch; e André Ribeiro Pires, chief operating officer da Multipessoal
Comentários