Jeremy Corbyn e Pedro Sánchez felicitam António Costa pela vitória nas eleições legislativas

Os líderes socialistas do Reino Unido e Espanha salientaram nas suas mensagens de apoio a António Costa a escolha da maioria do eleiotrado português por um “projeto de esquerdas” e pela “alternativa à austeridade na Europa”.

A vitória do PS nas eleições legislativas tem sido noticiada um pouco por toda a Europa, sendo que os líderes socialistas do Reino Unido e Espanha, a partir das suas contas oficiais de Twitter, já felicitaram António Costa pela maioria parlamentar conquistada no domingo. Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista britânico, e Pedro Sánchez, secretário-geral do PSOE, afirmaram o seu apoio aos socialistas portugueses.

O líder do Partido Trabalhista no Reino Unido, que também enfrenta um cenário político complexo por causa do Brexit, congratulou António Costa pela renovação da liderança do governo português. “Parabéns ao António Costa e ao Partido Socialista português no sucesso nas eleições de hoje. O vosso governo, suportado pela ala esquerda, mostra que há uma alternativa à austeridade na Europa”, escreveu Corbyn.

Já Sánchez, o atual presidente do governo de Espanha, que tem pela frente novas eleições gerais no seu país, salientou que a vitória do PS é uma escolha da “sociedade portuguesa” pela “estabilidade, igualdade e justiça social”. “Com a vitória do PS, [os portugueses] apostam num projeto de esquerdas, progressista e modernizador. Continuaremos a trabalhar juntos por uma Europa mais justa”, escreveu o líder do PSOE, que finalizou a sua mensagem em português. “Parabéns, Portugal!”, frisou.

Ler mais
Recomendadas

Centeno “ministro” diz em Bruxelas que não espera tomar mais medidas

“Como ministro das Finanças de Portugal, não espero tomar mais medidas. Mas sim, estamos sempre prontos a adotá-las se necessário. E sim, estamos sempre a avaliar riscos. Esse é, aliás, um dos trabalhos mais importantes dos ministros das Finanças”, respondeu, em inglês.

PremiumPSD remete alterações ao OE para depois de eleições internas

Propostas dos sociais-democratas só dão entrada no Parlamento a partir da próxima semana. Direção de Rui Rio chama a si proposta de redução do IVA da eletricidade por ter “relevo político nacional”.

PremiumCarlos Zorrinho: “OE foi muito tático na forma como foi discutido e votado”

Eurodeputado eleito pelo PS entende que as abstenções do BE, PCP, PEV e Livre mostram vontade de continuar a negociar com o Governo. E defende uma transição digital e energética “mais justa” e concorda com propostas de redução do IVA da eletricidade.
Comentários