“Jogadores devem falar sobre tudo. São parte da sociedade”, realça ex-jogador Gilberto Silva na Web Summit

Não vejo qualquer problema nisso. Futebol, política e religião podem ser discutidos mas com o princípio de respeitar as crenças e as convicções dos outros, contribuindo para uma discussão construtiva”, destacou o ex-internacional brasileiro e estrela do Arsenal.

Gilberto Silva, ex-médio brasileiro que brilhou ao serviço do Arsenal e da ‘canarinha’, marcou presença na edição de 2020 da Web Summit, é atualmente agente de futebolistas e acredita que este é um papel cada vez mais fundamental no futebol.

Na sessão sob o tema “cativar os adeptos em 2021”, o ex-jogador que foi internacional brasileiro 93 vezes começou por referir as redes sociais introduziram grandes alterações na relação entre jogadores e adeptos: “Mudou muito a proximidade entre jogadores e adeptos, sobretudo depois dos social media. Esta interação que temos agora com os fãs não era possível há uns anos. Os fãs ficam muito satisfeitos com a interação que têm com os jogadores hoje em dia. Em época de confinamento, isto tornou-se ainda mais importante”, realçou.

Sobre a forma como os jogadores podem gerir a sua relação com o clube, o atual agente de jogadores sublinha que “quando estás num clube tens que tratar da tua imagem e da imagem do teu clube”.

E que margem de manobra têm os jogadores no sentido de dar opiniões sobre temas sensíveis? “Jogadores devem falar sobre tudo se quiserem, porque são parte da sociedade. Não vejo qualquer problema nisso. Futebol, política e religião podem ser discutidos mas com o princípio de respeitar as crenças e as convicções dos outros, contribuindo para uma discussão construtiva”, destacou.

Recomendadas

Web Summit. Tóquio2020 vão ser os primeiros Jogos da 4.ª revolução industrial, realça COI

Com medalhas feitas com material eletrónico reciclado, veículos sem condutor com zero emissões poluentes, a rede de quinta geração (5G), a realidade aumentada e a robótica, Tóquio2020 vai “exibir universalidade, sustentabilidade e tecnologia”, e dará uma “mensagem de esperança e resiliência” ao mundo”, assinalou Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), na Web Summit.

Web Summit. “Anseio estar convosco em Lisboa em 2021”, diz Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa despediu-se da maior cimeira de tecnologia do mundo com o forte desejo e convicção de que em 2021 volte o formato presencial, sublinhando a importância do contacto presencial, mas também de uma edição tão marcante como esta.

Web Summit. Membro da Comissão Federal de Eleições desvaloriza “teoria da conspiração” sobre fraude eleitoral

Ellen Weintraub sublinhou que a polarização de Washington se faz sentir sobretudo numa agência dividida a meio entre os dois partidos e que as declarações do presidente da Comissão não são censuráveis, mas preocupam-na por “não terem qualquer tipo de fundamento”.
Comentários