Jorge de Sá homenageado pela Associação Portuguesa de Mutualidades

Diretor da Aximage, falecido em abril deste ano, foi considerado “um dos grandes de Portugal” num discurso emocionado de Vítor Milícias.

A Associação Portuguesa de Mutualidades (APM – RedeMut) aproveitou a cerimónia “Mutualismo – Uma Resposta de Proximidade”, destinada a assinalar o Dia Mundial do Mutualismo, para homenagear nesta sexta-feir o professor universitário Jorge de Sá, diretor da empresa de estudos de mercado e sondagens Aximage, que faleceu em abril deste ano, aos 68 anos.

Coube ao padre Vítor Milícias recordar o trabalho do investigador em nome do mutualismo e do ensino dos princípios da economia social. “Jorge de Sá é um mestre, um líder, um irmão. São estas as três palavras que quero que carimbem esta minha homenagem. Eu soube o que é amor e carinho no seu lar, no lar deste homem grande, dos maiores da economia social e do mutualismo”, afirmou o religioso, num discurso emocionado que dedicou a “um dos grandes de Portugal”.

A homenagem a Jorge de Sá foi um dos momentos mais marcantes da cerimónia realizada em Coimbra pela APM – RedeMut, contando ainda com intervenções do historiador Joel Cleto, do professor catedrático Manuel Lopes Porto e, entre outros, do presidente e vice-presidente do conselho de administração da APM – RedeMut, Cassiano Galvão e Pedro Bleck da Silva.

Recomendadas

“Até agora não temos nada a registar”. Autoridade Marítima faz balanço do arranque da época balnear

O arranque da época balnear nas praias do Algarve, de Almada, de Cascais e da Nazaré sob regras de distanciamento social e lotação, devido à pandemia de Covid-19, decorreu este sábado sem incidentes, disse fonte da Autoridade Marítima Nacional.

Ministra admite que a precariedade na Cultura está “mais visível” mas sem solução “em dois meses”

Segundo a ministra, o Governo está “a trabalhar” e assumiu “o compromisso de, ao longo deste ano, resolver as questões laborais, de carreiras contributivas” ou “de descontos” destes profissionais, entre outras matérias.

Lisboa e Vale do Tejo com 90% dos novos casos

Os 382 novos casos reportados estão distribuídos regionalmente da seguinte forma: Lisboa e Vale do Tejo 345, Norte 21, Centro 10, Alentejo três, Algarve dois e Açores um. A Região Autónoma da Madeira não registou novas infeções nas últimas 24 horas.
Comentários