José Duarte é o novo diretor geral da Soauto

José Duarte, antigo diretor-geral da Volkswagen em Portugal, assume as funções de diretor geral da Saoauto, o grupo de retalho das marcas representadas pela SIVA.

Depois de 12 anos à frente dos destinos da Volkswagen em Portugal, José Duarte assume a nova função de diretor geral de todas as unidades de negócio Soauto, o conjunto de entidades do retalho automóvel da Volkswagen, Audi e Skoda participadas pela SAG Gest.

Licenciado em Engenharia Informática, José Duarte tem uma longa experiência de 28 anos no setor automóvel, iniciada na Renault Portuguesa, onde desempenhou funções na área do Marketing e das Vendas. Ingressou na SIVA em 2000, com o cargo de Diretor de Vendas da Volkswagen, tendo assumido a direção geral da marca em 2005. José Duarte vai agora conduzir os destinos da Soauto.

Relacionadas

Autoeuropa vai ter recorde de produção e emprego em 2018

A produção vai mais do que duplicar com a chegada do novo modelo da Volkswagen a Palmela e o número de trabalhadores na empresa vai chegar quase aos 4.800.

À boleia da Volkswagen na Noite Europeia dos Museus

A 20 de maio celebra-se mas uma Noite Europeia dos Museus. A Volkswagen e a Direção-Geral do Património Cultural voltam a dar boleia aos visitantes, através da segunda edição da iniciativa “Museus em Movimento”.

Um milhão de elétricos: Volkswagen quer bater a Tesla e ser líder mundial

Na conferência de imprensa anual da VW, o seu presidente, Herbert Diess, afirmou a ambição de ter a marca alemã no topo mundial de vendas de veículos elétricos dentro de oito anos.
Recomendadas

Covid-19: Carris aumenta oferta nos dias úteis

A Carris – Transportes Públicos de Lisboa vai aumentar a oferta nos dias úteis, a partir de segunda-feira, nas carreiras onde se tem verificado uma maior procura, na sequência da pandemia de covid-19, foi hoje anunciado.

Banco de Portugal salienta que as moratórias públicas ou privadas devem ser tratadas da mesma forma

O Banco de Portugal destaca que a segundo esclareceu a EBA, as moratórias, de iniciativa pública ou privada, devem ser tratadas da mesma forma, desde que tenham um propósito e caraterísticas semelhantes. “A EBA definirá, em breve, quais os critérios a observar para o efeito”, diz a entidade de supervisão.

Oxford Economics estima recessão de 2,2% na zona euro e estagnação mundial

“A pandemia do novo coronavírus vai infligir uma profunda recessão na economia mundial, e em muitas das principais economias, durante a primeira metade deste ano”, lê-se numa nota enviada aos investidores, e a que a Lusa teve acesso, na qual se prevê que a zona euro caia 2,2%, os Estados Unidos 0,2% e a China cresça apenas 1%.
Comentários