Juiz Carlos Alexandre ordenou à NOS, Eurobic e Efacec que bloqueiem direitos de Isabel dos Santos

A justiça portuguesa pretende evitar que ocorram alegados atos de dissipação de património por parte da empresária angolana, segundo o jornal online “Observador”. O Jornal Económico confirmou que na última AG do EuroBic as empresas de Isabel dos Santos já não puderam votar.

Tiago Petinga/Lusa

Os presidentes dos concelhos de administração da NOS, Eurobic e Efacec foram notificados pelo juiz Carlos Alexandre para bloquearem os direitos de voto das empresas de Isabel dos Santos que são acionistas, noticiou esta terça-feira o jornal online “Observador”.

A decisão faz com que Ângelo Paupério, Diogo Barrote e Ângelo Ramalho, respetivamente, fiquem obrigados a registar nos livros de ações das sociedades o arresto preventivo ordenado pelo Tribunal Central de Instrução Criminal a pedido de Angola e também a informar o juiz sobre o local onde estão depositados os títulos pertencentes às sociedades da empresária, para que sejam logo apreendidos e depositados na Caixa Geral de Depósitos à ordem do Ministério Público.

De acordo com a mesma publicação, a justiça portuguesa pretende evitar que ocorram alegados atos de dissipação de património por parte de Isabel dos Santos. Além disso, serve a notificação judicial para que a NOS, o Eurobic e a Efacec e os seus acionistas tenham noção legal de que os direitos estatutários e económicos das ações pertencentes à filha do ex-presidente de Angola estão bloqueados.

O Jornal Económico confirmou que na última Assembleia Geral do EuroBic as empresas que pertencem à empresária angolana já não puderam votar.

Recomendadas

CTT esclarece que ação judicial contra Sequeira Braga não foi posta pela empresa

A Maxyield chamou de “comportamento arbitrário praticado por esta empresa cotada” a alegada ação judicial contra Gonçalo Sequeira Braga. Mas os CTT vêm hoje dizer que não há nenhuma ação da empresa contra o acionista minoritário. A ação é afinal da Secretária Suplente da Sociedade, a título pessoal.

Do empréstimo à compra de dívida: que impacto nas contas do Sporting? Hoje há “Jogo Económico” às 19h00

O Sporting é, neste momento, o clube português que mais lucrou na Liga dos Campeões: 45,01 milhões de euros dos 130,9 milhões ganhos por clubes portugueses nesta Liga. Que impacto pode ter o empréstimo obrigacionista e a compra da dívida nas contas da SAD. Tudo para ver na edição desta semana do “Jogo Económico”.

Ordem dos Engenheiros distingue Navigator pelo impacto na economia e aposta na descarbonização

A Navigator foi distinguida pelo Colégio de Engenharia Mecânica pelo seu impacto positivo na economia nacional, nas exportações, no Valor Acrescentado Bruto criado, forte aposta na descarbonização, incorporando nos seus processos de gestão a circularidade dos materiais e implementação de projetos inovadores na área da transformação digital.
Comentários