Lançado concurso para construção do novo Hospital Central do Alentejo

O valor do preço base para a “realização dos trabalhos, prestações de serviço e fornecimentos para a empreitada de construção do novo hospital” é de 150.421.727 euros.

O concurso público internacional para a empreitada de construção do novo Hospital Central do Alentejo, em Évora, num investimento superior a 150 milhões de euros, foi lançado hoje pela Administração Regional de Saúde (ARS).

Segundo o anúncio do concurso, publicado hoje em Diário da República (DR), o valor do preço base para a “realização dos trabalhos, prestações de serviço e fornecimentos para a empreitada de construção do novo hospital” é de 150.421.727 euros.

O novo Hospital Central do Alentejo, a construir na periferia da cidade de Évora, deverá entrar em funcionamento até dezembro de 2023.

A futura unidade hospitalar vai dar resposta às necessidades de toda a população do Alentejo, com uma área de influência de primeira linha que abrange cerca de 200 mil pessoas e, numa segunda linha, mais de 500 mil pessoas.

Recomendadas

Centeno diz que processo de aquisição de ambulâncias do INEM “está em análise”

O ministro das Finanças, Mário Centeno, afirmou esta sexta-feira que o processo de aquisição de ambulâncias por parte do INEM “está em análise”, salientando que “o reforço de meios e pessoal” do instituto “continuará a ser” uma realidade.

Bloco de Esquerda lamenta que Governo seja “obstáculo” à melhoria do INEM

O Bloco de Esquerda considera incompreensível que as Finanças não autorizem o INEM a “usar o seu próprio dinheiro para investir na emergência médica” e lamenta que o Governo “se comporte como um obstáculo à melhoria” do instituto.

PSD exige desbloqueio de verbas do INEM e pede intervenção de António Costa

O PSD exige que o Ministério das Finanças desbloqueie de imediato a verba do INEM necessária para aquisição de novas ambulâncias, manifestando “grande preocupação” em relação à situação que “deve ter a intervenção do primeiro-ministro”.
Comentários