Leasing imobiliário em Portugal cresceu 21% no primeiro semestre de 2019

“O leasing e o renting sendo soluções já consolidadas no mercado continuam a ter espaço para crescer como instrumento de apoio à economia portuguesa”, destaca Alexandre Santos, presidente da Associação Portuguesa de leasing, factoring e renting.

A Leaseurope, Federação Europeia das Associações de Empresas de Leasing e Renting, divulgou os resultados do primeiro semestre do ano. O setor do leasing demonstrou um crescimento nas principais categoriais em quase toda a Europa.

Mas o destaque vai para o leasing imobiliário que registou um aumento de 21,4%. Já no leasing mobiliário (que cresceu no total 3,92%), o segmento das viaturas registou uma subida de 4,28% e o segmento dos equipamentos aumentou 3,05% em relação ao primeiro semestre de 2018.

“Estes dados indicam que o leasing e o renting continuam a manter uma evolução positiva e a crescer na Europa, que aliás se verifica já há cinco anos. Em Portugal, perspetiva-se um crescimento consolidado até ao final do ano, embora aquém do que se poderia verificar”, diz em comunicado Alexandre Santos, presidente da Associação Portuguesa de leasing, factoring e renting (ALF).

“O leasing e o renting sendo soluções já consolidadas no mercado continuam a ter espaço para crescer como instrumento de apoio à economia portuguesa. A ALF e as suas associadas pretendem que em 2020 o leasing e o renting possam ainda ter mais relevo no financiamento, sendo instrumentos preferenciais no apoio ao crescimento económico”, afirma o presidente da ALF.

A Leaseurope informa que a produção de leasing no mercado Europeu atingiu no primeiro semestre de 2019 o valor de 183 mil milhões de euros, num crescimento total de 3,42% comparativamente com o período homólogo de 2018.

Portugal contribuiu com uma nova produção de 1,8 mil milhões de euros, apresentando um ligeiro decréscimo de 2,68% em relação ao total do primeiro semestre do ano anterior, sobretudo devido à ligeira descida do leasing de equipamentos e veículos. Já o leasing imobiliário, registou em Portugal um aumento de 2,38%, acompanhando a importante subida registada na Europa.

O Inquérito Estatístico Bianual Europeu agora revelado inclui os dados dos 31 membros da Leaseurope, provenientes de 26 países diferentes, entre os quais se encontra a ALF, que representa quase 100% do mercado nacional.

Recomendadas

Governo garante verbas de apoio aos transportes coletivos da Área Metropolitana do Porto

Apesar de o prazo para apresentação dos relatórios relativos ao segundo trimestre de 2021 ter terminado a 31 de julho, O Ministério do Ambiente garante que as Áreas Metropolitanas e Comunidades Intermunicipais que pretendam proceder à retificação ou alteração dos pedidos já formulados poderão ainda fazê-lo até ao dia 15 de agosto.

SATA é a única concorrente à concessão das rotas interilhas nos Açores

Caberá ao júri analisar a proposta apresentada pela SATA e submeter ao secretário Regional dos Transportes, Turismo e Energia, Mário Mota Borges, um “relatório fundamentado para efeitos de adjudicação”.

Groundforce diz que TAP lhe deve 2,5 milhões por voos noturnos. Companhia aérea discorda

Entre julho de 2017 e dezembro de 2018, a empresa diz ter faturado à TAP o valor total de 1.446.706,29 euros, pelas assistências de voos que não estavam previstos em horário de ‘night curfew’ e que acabaram por ser assistidos naquele período.
Comentários