Leiria, distrito inovador

O caderno Especial “Destino Leiria” insere-se na aposta estratégica que o Jornal Económico tem vindo a realizar nas diferentes regiões do país.

O caderno Especial “Destino Leiria” insere-se na aposta estratégica que o Jornal Económico tem vindo a realizar nas diferentes regiões do país. Queremos dar a conhecer os empreendedores, as empresas e os casos de sucesso que criam emprego e riqueza em Portugal. A Região de Leiria é um excelente exemplo de um distrito que contribui positivamente para o desenvolvimento e para a balança comercial do país, devido ao perfil fortemente inovador e exportador das suas empresas.

Porém, o futuro vai exigir ainda mais da Região, das suas gentes e das suas empresas. A revolução digital está a mudar a forma como vivemos, trabalhamos, aprendemos e consumimos. Leiria terá de aproveitar ao máximo o potencial que possui para se transformar num hub de empresas de cariz tecnológico. Para tal, à semelhança do que tem sido feito também em distritos como Aveiro e Braga, a ligação entre as empresas e os estabelecimentos de ensino superior será crucial para atingir este objetivo de criar um pequeno “Silicon Valley” em Leiria. Outro aspeto decisivo será a capacidade de atrair e reter talento na Região, combatendo o envelhecimento e a desertificação. Leiria tem vários pontos fortes, nomeadamente a localização geográfica, a qualidade de vida, o clima e a natureza. Mas é preciso mais para atrair jovens qualificados e neste Especial procuramos saber de que forma as empresas, as autarquias e as instituições de ensino superior encaram este e outros desafios.

Recomendadas

O que é nacional é bom…, mas, e o plano?

Num contexto de regresso das famílias às rotinas possíveis, aos postos de trabalho e às atividades letivas, num enorme esforço coletivo de superação, surgiram as estatísticas relativas a todas as atividades do setor do Turismo em julho

O populista dentro de si

Marcelo gosta de falar sobre tudo e todos, não resiste. Mas tem de resistir, de abafar o populista que sabemos viver dentro de si próprio.

Não há regozijo em ter menos layoff

O Governo gastou menos do que o previsto a nível das medidas de combate ao impacto da pandemia, caso do layoff simplificado
Comentários