Liga dos Campeões: ‘Final 8’ em Lisboa não terá público nas bancadas

A 17 de junho, o comité executivo da UEFA escolheu Lisboa para acolher a reta final da Champions, competição que irá decorrer entre 12 e 23 de agosto. Nessa altura, a UEFA adiou para julho a decisão final sobre a possibilidade deste modelo inédito receber adeptos. Desta forma, o Governo deliberou que os jogos vão mesmo decorrer sem público, algo que também é inédito na história da Liga dos Campeões.

Valentyn Ogirenko/Reuters

O Governo aprovou esta terça-feira em Conselho de Ministros que a ‘Final 8’ da Liga dos Campeões, que se irá disputar em Lisboa, será jogada sem público, assim como a final da Taça de Portugal.

A 17 de junho, o comité executivo da UEFA escolheu Lisboa para acolher a reta final da Champions, competição que irá decorrer entre 12 e 23 de agosto. Nessa altura, a UEFA adiou para julho a decisão final sobre a possibilidade deste modelo inédito receber adeptos. Desta forma, o Governo deliberou que os jogos vão mesmo decorrer sem público, algo que também é inédito na história da Liga dos Campeões.

A final da Liga dos Campeões estava agendada para se realizar na cidade e Istambul, na Turquia. Mas devido à suspensão das provas europeias imposta pela pandemia da Covid-19, a UEFA viu-se obrigada a pensar num plano para concretizar a edição de 2019/2020 das competições europeias, chegando à conclusão de que a liga milionária e a Liga Europa poderiam ser concluídas em agosto, em formatos adaptados às circunstâncias.

Quanto à final da Taça de Portugal, edição 2020, a partida vai opor SL Benfica e FC Porto a 1 de agosto e irá decorrer no Estádio de Coimbra. Sabe-se agora que também este jogo, à semelhança das dez últimas jornadas da Liga, vão decorrer sem adeptos nas bancadas.

 

Recomendadas

PremiumApostas online: Mercado vai continuar a crescer em 2021

Com casas de apostas fechadas e uma nova restrição de horários para a publicidade televisiva, as principais operadoras em Portugal decidiram reforçar a sua presença online. Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos antecipa que a tendência de crescimento observada em 2020 se mantenha também este ano.

Contas dos três grandes ‘à lupa’: quem menos perdeu com a pandemia? Veja o “Jogo Económico”

Ativos, passivos, receitas operacionais, dívidas com empréstimos, gastos com pessoal e muito mais. Nesta edição, vamos escrutinar as contas do primeiro semestre desta temporada das SADs de Benfica, FC Porto e Sporting e ainda perspetivar como será uma Liga com direitos televisivos centralizados.

F1 em Portugal: Região de Turismo do Algarve defende que região é um palco aberto e seguro

A Região de Turismo do Algarve destacou esta sexta-feira o esforço das várias entidades para trazerem a Fórmula 1 (F1) de novo a Portugal, numa prova que pode ser um palco para mostrar que o destino está aberto e é seguro.
Comentários