“Liga Portugal rompeu, unilateralmente, o acordo que tinha com a Betano”, acusa casa de apostas sobre naming da Liga

Em declarações remetidas ao JE a propósito da escolha da Bwin para o naming da Liga, a Betano diz não conseguir compreender “como é que a Liga Portugal rompe, unilateralmente, o acordo que tinha com a Betano e aceita uma proposta de outro investidor para o mesmo ativo sem nos ter informado”.

A Betano Portugal acusou a Liga Portugal de romper de forma unilateral o acordo que tinha com a casa de apostas, de acordo com a resposta a questões colocadas pelo JE à casa de apostas, relativamente à conclusão das negociações para o naming da Liga Portugal a partir da próxima temporada. A Betano começa por confirmar o valor do contrato que estaria pré-estabelecido com a Liga: 5,5 milhões de euros por temporada para ficar com o naming da Liga, ou seja, 22 milhões de euros ao longo de quatro anos.

A principal competição de futebol profissional em Portugal vai mudar de nome a partir da próxima época mas o processo está envolto em polémica, com uma guerra entre duas casas de apostas: Bet.pt e Betano. Esta terça-feira, o jornal “A Bola” avançou que o acordo com a Bwin já estava fechado e, pelo que o JE pôde apurar, este será o maior contrato de naming da história do futebol português.

De acordo com informações apuradas pelo JE, a primeira reunião entre a Betano e a Liga Portugal com vista à apresentação de uma proposta de naming da Liga, decorreu a 9 de setembro de 2020. Explica a Betano que “as negociações já estavam concluídas, tendo a proposta da Betano sido aceite, e a nossa equipa já estava inclusivamente a trabalhar na implementação do projeto em conjunto com a Liga Portugal”.

Desta forma, a Betano diz não conseguir compreender “como é que a Liga Portugal rompe, unilateralmente, o acordo que tinha com a Betano e aceita uma proposta de outro investidor para o mesmo ativo sem nos ter informado”.

Sobre o objetivo que teve o envio da carta aos clubes, remetida pelo responsável do gabinete de marketing da empresa, a Betano Portugal esclarece que patrocina o setor do futebol, reiterando ainda que continua disponível para reforçar esse investimento. “Como tal quisemos informar os clubes, que são quem a Liga representa e que são, nos termos dos Estatutos da Liga Portugal, os seus associados ordinários, de que forma é que a Liga Portugal conduz as negociações com instituições que estão disponíveis para investir no futebol português, neste caso no valor de 22 milhões de euros ao longo de quatro anos”, explica a Betano.

Questionados sobre quais serão as próximas ações da Betano tendo em conta a aparente escolha da Bet.pt, esta casa de apostas esclarece que “vai continuar a lutar pela defesa dos seus direitos. Não podemos aceitar ser colocados perante uma situação de quebra dos compromissos aceites e não reagir”.

Ler mais
Recomendadas

Maratona de Nova Iorque realiza-se em novembro com 33 mil participantes

Adicionalmente à limitação de pessoas, será seguido um rígido protocolo sanitário desenhado especialmente para a ocasião, baseado no distanciamento social, na eliminação de pontos de contacto e na melhoria dos protocolos de saúde e segurança, bem como testes e rastreamento à Covid-19.

Cristiano Ronaldo tem uma coleção de carros impressionante. Conheça as ‘bombas’ na garagem do craque

Das marcas italianas às britânicas, passando pelos carros do filme ‘James Bond’, conheça algumas das ‘bombas’ mais valiosas de Cristiano Ronaldo.

Final da Liga dos Campeões poderá resultar na emissão de mais de cinco mil toneladas de GEE

A estimativa foi feita com base na previsão de que 12 mil passageiros, em classe económica, farão uma viagem de ida e volta entre os aeroportos de Londres Heathrow-Porto e Manchester-Porto. Isto sem contar com a deslocação entre as próprias equipas e convidados.
Comentários