Lisbon Green Valley: as casas mais sustentáveis de Portugal

As Townhouses da nova fase do empreendimento Belas Clube de Campo, obtêm certificação máxima A++ atribuída pelo sistema LiderA, apresentando um desempenho ambiental superior a 90%.

Painéis fotovoltaicos que alimentam as baterias Ampere, pontos de carregamento elétrico de carros, separação de águas cinzentas para reaproveitamento nos autoclismos, excelente isolamento térmico e acústico, são algumas das soluções que contribuem para este desempenho, obtendo um natural impacte na poupança de quem as habita.

O empreendimento residencial idealizado por André Jordan coloca-se assim entre os mais sustentáveis da Europa, muito próximo do NZEB (Nearly Zero Energy Buildings) – uma exigência inerente à construção nova a partir de 2021.

Gilberto Jordan, CEO do André Jordan Group,  salienta que “o investimento na sustentabilidade e o respeito absoluto pela Natureza são exigências incontornáveis e que estão refletidas em todos os projetos que desenvolvemos. Tudo foi pensado ao detalhe para reduzir o impacto ambiental e aumentar a eficiência energética, resultando em poupanças significativas, uma redução dos custos, para além contribuir para criar um futuro melhor”.

Para Manuel Pinheiro, responsável pelo LiderA, realça que a legislação nesta matéria já é muito exigente, e estas casas superam em quadruplo os requisitos que já são exigidos e isso está patente nos consumos: as townhouses consomem 11 kw/m2/ano, sendo que uma casa de referência consome em média 108kw/m2/ano. Referindo ainda que “a Planbelas conseguiu identificar os principais pontos críticos do empreendimento, torná-los em oportunidades através do desenvolvimento de soluções estratégicas bem integradas”.

 

Recomendadas

Google prepara-se para comprar edifício em Nova Iorque por 2,1 mil milhões

A aquisição é a mais cara para qualquer prédio comercial nos Estados Unidos desde o início da pandemia, segundo os dados da Real Capital Analytics.

Porto e Gaia dominam Prémio Nacional do Imobiliário. Saiba quem foram os vencedores

Região norte venceu três das seis categorias mais importantes a concurso.

Mediadores imobiliários querem mais profissionalização para enfrentar desafios do sector

APEMIP tem, entre outras prioridades, o lançamento de um portal imobiliário de referência no sector e que considera ser essencial para o segmento dos mediadores imobiliários.
Comentários