Londres e Sydney a quatro horas de distância? Avião supersónico vai chegar em 2030

A Agência Espacial do Reino Unido juntamente com a sua congénere australiana vão trabalhar na construção de um ‘avião espacial supersónico’ que ligará os dois países naquela que já foi apelidada como a “primeira ponte espacial do mundo”.

A partir de 2030 uma viagem de avião entre Londres e Sydney poderá ser feita em apenas quatro horas através de um ‘avião espacial supersónico que se encontra em desenvolvimento no Reino Unido. O anúncio foi feito pela Agência Espacial do Reino Unido esta terça-feira na Conferência Espacial do Reino Unido 2019, revela a “CNN”.

A Agência Espacial do Reino Unido juntamente com a sua congénere australiana vão trabalhar na construção de um ‘avião espacial supersónico’ que ligará os dois países naquela que já foi apelidada como a “primeira ponte espacial do mundo”.

O motor Synergetic Air-Breathing Rocket Engine (SABRE), da Reaction Engines, com sede em Oxfordshire, é vista como a ‘joia da coroa’ desta nova empresa. “Este motor pode permitir-nos chegar à Austrália em menos de quatro horas”, afirmou Graham Turnock, chefe da Agência Espacial do Reino Unido.

O motor SABRE foi projetado para atingir velocidades acima de Mach 5 na atmosfera da Terra e, em seguida, poderá transformar-se num foguete que pode voar pelo espaço até Mach 25. Este aparelho “respira” o ar da atmosfera, permitindo uma maior eficiência de combustível e menos peso do que os motores de foguete existentes que precisam transportar o seu próprio suprimento de oxigénio.

O interesse nesta tecnologia da Reaction Engines já levou a empresa a receber perto de 120 milhões de euros em financiamento nos últimos quatro anos, além de garantir investimentos de importantes players do setor. A empresa está a terminar a construção de uma instalação de teste em Buckinghamshire, no Reino Unido, que será o local da primeira demonstração em solo do núcleo de respiração de ar do motor SABRE.

Recomendadas

Guerra comercial: Durão Barroso diz que na hora da escolha, Europa optaria pelos Estados Unidos

Antigo presidente da Comissão Europeia explicou que apesar do maior dinamismo da relação entre a União Europeia e a China, a relação económica e geopolítica com os Estados Unidos continua a pesar mais.

Boris Johnson ameaça recuar na proposta do Brexit e convocar eleições antecipadas em caso de chumbo

Frustrado com o impasse interminável do Brexit, o governo britânico ameaçou que, caso a proposta seja chumbada mais uma vez, que retirará a moção relativa ao Brexit e avançará para eleições antecipadas previstas para antes do Natal. “De forma alguma vou permitir meses mais disto”, afirmou Boris Johnson.

Instagram elimina fotografias de um cozido galego por “violência gráfica”

Tudo aconteceu após um comensal galego postar fotos de uma refeição para celebrar o “primeiro cozido da temporada” durante o almoço do domingo. A meio da tarde, o gastrónomo teve uma surpresa por parte da rede social.
Comentários