PremiumLone Star reduz administração do Novo Banco

Americanos preparam mudanças na administração executiva liderada por António Ramalho. Saem três elementos e entra um de perfil internacional.

Há mudanças à vista na administração do Novo Banco. Na próxima quinta-feira, o conselho geral de supervisão do banco, liderado por Byron Haynes, vai reunir-se com o objetivo de decidir o processo de renovação do mandato do conselho de administração executivo, que acaba no fim do ano.

De saída, segundo apurou o Jornal Económico, está Vítor Fernandes, que, ao fim de seis anos na administração do banco, decidiu não renovar o mandato. A Lone Star irá substituir Vítor Fernandes por um administrador com um perfil internacional e que já trabalhou no mercado português.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Tribunal da Concorrência declara prescrição de coimas do BdP a ex-administrador do Montepio

Tribunal da Concorrência declarou a prescrição das contraordenações imputadas pelo supervisor ao ex-administrador do Montepio Rui Amaral, num processo que já teve sentença anulada pelo Tribunal da Relação e que tem novo início agendado para a semana.

Novo Banco lança serviço de agregação financeira para negócios e empresas

O Novo Banco lançou a NBnetwork+ para apoiar a gestão financeira diária das empresas. Este serviço encontra-se integrado no NBnetwork, o homebanking para os clientes negócios e empresas, anuncia o banco em comunicado.

Tribunal de Justiça da UE confirma que BCE pode manter documentos confidenciais sobre o BES

No acórdão, o Tribunal de Justiça nega provimento ao recurso da sociedade luxemburguesa Espírito Santo Financial Group (uma das entidades através da qual o GES assegurava o controlo do BES) que pedia a anulação da decisão do BCE de 31 de agosto de 2016, que recusou parcialmente o acesso a certos documentos relativos a decisões sobre o BES tomadas em reuniões do supervisor.
Comentários