Lucro operacional dos campeões das seis principais ligas europeias caiu 371 milhões de euros

A redução afeta não só as equipas que conquistaram o título (Real Madrid CF, Liverpool FC, FC Bayern Munich, Juventus FC, Paris Saint-Germain FC e FC Porto) mas também os restantes clubes com os quais disputam as respetivas ligas nacionais.

O lucro operacional dos campeões das seis principais ligas europeias – Real Madrid CF (Espanha), Liverpool FC (Inglaterra), FC Bayern (Alemanha), Juventus FC (Itália), Paris Saint-Germain FC (França) e FC Porto (Portugal), diminuíram 371 milhões de euros na última época devido à pandemia de Covid-19.

A redução afeta não só as equipas que conquistaram o título (Real Madrid CF, Liverpool FC, FC Bayern Munich, Juventus FC, Paris Saint-Germain FC e FC Porto) mas também os restantes clubes com os quais disputam as respetivas ligas nacionais.

Segundo uma amostra de 20 clubes europeus que já publicaram os seus resultados financeiros da temporada 2019/20, a que a KPMG teve acesso, revela uma diminuição agregada de mais de mil milhões de euros (queda de 13,9% ao ano) no resultado operacional total, com apenas dois clubes a quebrar a tendência – Sevilla FC (Espanha) e Borussia Dortmund (Alemanha), cujas receitas cresceram 6,3% e 0,6%, respetivamente. No extremo oposto encontra-se o FC Porto, cujos resultados operacionais diminuíram 50,5%.

AS Roma e AC Milan registaram as maiores perdas líquidas – 204 e 194,6 milhões de euros, respetivamente. Juntamente com o Paris Saint-Germain FC e o Tottenham FC, os três clubes com um resultado líquido agravado de mais de 150 milhões de euros em comparação com o ano anterior.

Dois clubes espanhóis lideram o ranking das equipas com maiores rendimentos na Europa – FC Barcelona e Real Madrid, apesar de o volume de negócios ter caído 15,7% e 8% respetivamente. Em relação ao futuro, os dois clubes têm perspetivas diferentes – perdas 97 milhões de euros (diferença de 101,5 milhões de euros negativos face à época anterior) e eleições para a presidência no caso do Barcelona. No caso do Real Madrid, estima-se um lucro de 300 mil euros (redução de 38,1 milhões de euros) e o avanço das obras do novo Santiago Bernabéu em Madrid.

Por sua vez, o campeão europeu, FC Bayern, foi o terceiro clube com maior rentabilidade com 607,2 milhões de euros, reduzindo o seu volume de negócios em 2,9% e com lucros de 5,9% (uma redução de 36,8 milhões de euros em relação a 2018/19), seguido por dois dos principais clubes da Premier League – Manchester United, com 579,6 milhões de euros (redução de 18,5%) e perdas de 26,5 milhões de euros, e Liverpool FC, com 557 milhões de euros (Queda de 7,9%), para o qual não se sabe se fechou o ano com ganhos ou perdas.

Ler mais
Recomendadas

De Rúben Amorim a Paulinho passando por Nuno Mendes. Os números do Sporting CP campeão

Começou com 3% de preferências dos apostadores e termina a temporada como campeão. Os ‘leões’ comandados por um dos treinadores mais caros da história do futebol europeu exibem vários números que merecem análise. Conheça alguns dos dados do novo campeão nacional.

Sporting vence Boavista e é campeão nacional 19 anos depois

A equipa de Alvalade derrotou esta noite o emblema axadrezado por 1-0 para assim conquistar o seu 19º título da história.

Estádio do Dragão recebe final da Liga dos Campeões

O encontro entre o Manchester City e o Chelsea vai realizar-se no próximo dia 29 de maio. A final que esteve agendada para o Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul, deixou de ser opção nos últimos dias.
Comentários