Lucros da Sony podem disparar 13% este ano com venda recorde de videojogos

A empresa japonesa de tecnologia registou um aumento de 2,5 mil milhões de euros no terceiro trimestre o que fez crescer as suas previsões anuais em 13%. O lançamento da Playstation5 em novembro tem como meta de vendas 7,6 milhões de unidades até março de 2021.

A Sony aumentou para 5,7 mil milhões de euros as suas perspetivas de lucros anuais, um crescimento de 13%, justificado pelas vendas recordes de videojogos no terceiro trimestre, num valor total de 2,5 mil milhões de euros, escreve a “Reuters” esta quarta-feira, 28 de outubro.

Estes números fazem crescer a ambição da empresa japonesa de tecnologia, que se prepara para lançar a Playstation 5 em novembro, e que tem como meta de vendas as 7,6 milhões de unidades até março de 2021, de acordo com o diretor financeiro Hiroki Totoki em conferência de imprensa.

De resto, no mercado de pré-venda a Sony conseguiu vender tantas consolas Playstation 5 nas primeiras 12 horas, como nas primeiras 12 semanas nos Estados Unidos para a PlayStation 4, informou Jim Ryan, CEO da Sony Interactive Entertainment.

A empresa prevê agora que a sua divisão de vídeojogos terá um lucro anual de 2,4 mil milhões de euros acima dos 1,9 mil milhões estimados anteriormente. Um crescimento que se explica com a mudança dos consumidores para downloads de vídeojogos e serviços de assinatura online durante o confinamento provocado pelo coronavírus.

Recomendadas

EDP conclui venda à Total de duas centrais a gás e carteira comercial em Espanha

A EDP concluiu esta terça-feira a venda de um portefólio de ativos térmicos e clientes de comercialização de energia em Espanha à Total por um enterprise value de 480 milhões de euros.
Debenhams

Mais de dois séculos depois, retalhista britânica Debenhams fecha atividade

A cadeia retalhista britânica Debenhams vai encerrar todas as lojas no Reino Unido depois de 242 anos de atividade porque não se encontrou um comprador, pondo em risco 12 mil postos de trabalho.

Visitas ao site do JE disparam em novembro, com subida de 33% para 5,8 milhões

O número de utilizadores do site do Jornal Económico aumentou 30% em novembro, face a outubro, para um total de 2,7 milhões. Acessos móveis representaram 79% do total. Plataforma multimédia JE TV tem cada vez mais telespectadores. Obrigado pela sua preferência!
Comentários