Mais de metade da conta da luz em Portugal é para impostos

Só Dinamarca (69%) e Alemanha (55%) tem uma carga fiscal maior sobre o preço da electricidade. A média dos 28 Estados-membros é de 40%, um valor muito abaixo do registado em Portugal (52%).

Em Portugal, a percentagem de impostos e outras tarifas sobre a electricidade representaram 52% do preço médio da luz, no segundo semestre de 2017, o que corresponde à terceira percentagem mais elevada em toda a União Europeia, de acordo com dados do Eurostat revelados esta quarta-feira.

Só Dinamarca (69%) e Alemanha (55%) vêem a carga fiscal sobre o preço da electricidade pesar mais. A média dos 28 Estados-membros é de 40%, um valor muito abaixo do registado em Portugal.

O gabinete de estatística da União Europeia divulgou hoje os dados sobre os preços da energia (gás e electricidade) entre os 28 Estados-membros, para 2017, onde se observou que os preços da energia mantiveram-se estáveis, registando-se uma redução de apenas 0,2% na luz e 0,5% no gás, face a 2016.

Quanto a Portugal, os consumidores pagaram 22,3 euros, em média, por cada 100 quilowhats (kWh) de eletricidade, o que corresponde a uma descida de 3% face a 2016. Na Europa dos 28, só Alemanha (30,5 euros), Dinamarca (30,1 euros), Bélgica (28,8 euros) e Irlanda (23,6 euros) pagaram mais, quando a média da UE foi de 20,5 euros.

Sobre o gás, os preços praticados em Portugal também ficaram acima da média da UE. Entre Junho e dezembro de 2017, o consumidor pagou 8 euros por cada 100 kWh, em média, representando um decréscimo de 2% face a 2016. Ainda assim, os portugueses ficam entre o top6 dos que mais pagaram pelo gás – Holanda (8,2 euros), Itália e Espanha (8,7), Dinamarca (8,8) e Suécia (11,3).

Mais, 27% do valor cobrado na fatura do gás é para impostos. Dinamarca (56%), Holanda (51%), Suécia (43%) e Roménia (43%), são os países onde o peso da carga fiscal sobre o gás é maior.

 

Ler mais

Relacionadas

ACP e goldenergy anunciam “o melhor preço da eletricidade no país”

Os sócios ACP irão dispor de um gestor de serviços personalizado em todos os canais e serviços de apoio da goldenergy.

Novas taxas da ERSE tiram quase 7 milhões de euros à REN

A alteração da indexação da remuneração, fruto do novo quadro regulatório, fez com que as receitas da REN pela transmissão de eletricidade tenham caído para 29,7 milhões de euros.

Gás natural fica mais barato para os consumidores pelo terceiro ano consecutivo

Para os consumidores domésticos, a descida será de 0,2%, entre julho de 2018 e junho de 2019. O Governo lembrou também que vai manter o desconto de 31,2% sobre as tarifas transitórias de venda a clientes finais de gás natural.
Recomendadas

5G: Começou hoje a segunda fase da migração das frequências da TDT

A segunda fase da alteração da rede de emissores da televisão digital terrestre (TDT) arrancou esta segunda-feira, 24 de fevereiro, em Vila Nova de São Bento, no concelho de Serpa, um passo essencial para a implementação da quinta geração móvel (5G).

EUA: coronavírus não prejudica, por enquanto, a ‘phase 1’ do acordo comercial com a China

O secretário do tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, reconhece que o coronavírus pode atrasar o início das negociações sobre o aprofundamento do acordo comercial com Pequim, mas garantiu não estar preocupado com esse cenário.
catarina_martins_bloco_esquerda_legislativas_1

BE quer subsídio de alimentação da Função Pública como referência para o setor privado

A medida consta de um projeto de lei apresentado pelos bloquistas, que visa que o subsídio diário de alimentação dos trabalhadores do setor privado não seja inferior ao que definido para os trabalhadores da Administração Pública.
Comentários