Marcelo condecora primeiro presidente de Serralves com Ordem do Infante D. Henrique

No discurso que encerrou a reunião e onde também esteve a ministra da Cultura, Graça Fonseca, o chefe de Estado terminou a sua intervenção referindo-se ao peso da instituição.

O Presidente da República condecorou hoje João Marques Pinto, primeiro presidente da Fundação Serralves, no Porto, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, no decorrer da reunião anual de fundadores.

“Sem a sua visão, pertinácia, conjugação de grandeza de horizontes e de realismo de ação teria sido possível arrancar com um projeto tão ambicioso e tão inovatório (…) Três décadas volvidas a perspetiva histórica permite ampliar esse reconhecimento e mostrar que não prescreveu nem prescreverá e justifica a condecoração cujas insígnias terei hoje a honra de entregar”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

A Fundação de Serralves está a comemorar 30 anos de existência e João Marques Pinto foi o primeiro presidente da fundação entre 1989 e 2000, sendo substituído por Teresa Patrício Gouveia

No discurso que encerrou a reunião e onde também esteve a ministra da Cultura, Graça Fonseca, o chefe de Estado terminou a sua intervenção referindo-se ao peso da instituição.

“Aqui neste Porto que só não é o que não quer ser porque tem tudo para ser o que quiser sonhar, neste ambiente de cultura que nos fala daquilo que parece estar cada vez mais ausente das modas imediatistas do efémero sem marca profunda e duradoura. Neste cruzamento do Portugal no melhor das suas raízes e o mundo na variedade dos seus horizontes, aqui, onde mesmo o mais descrente entre os descrentes dificilmente deixará de sentir um toque de eternidade”, elogiou o Presidente da República.

A reunião de hoje ficou marcada pela chegada de 27 novos fundadores.

Ler mais
Recomendadas

Protesto contra exploração de lítio em Montalegre juntou 300 pessoas

O protesto teve como lema ‘não à mina, sim à vida’, e juntou participantes de todas as idades e de vários pontos da região e, até do país. Concentraram-se na praça do município da localidade do distrito de Vila Real e percorreram durante uma hora as principais ruas em dia de Feira do Fumeiro, um dos eventos mais importantes do concelho.

Infetados com coronavírus em França chegaram ao país sem sintomas

As três pessoas infetadas por coronavírus tinham tido passagens pela China.
Comentários