Marque na agenda. O Amazon Prime Day está a chegar e traz descontos até 50%

Um dos maiores eventos de compras online do mundo está quase a chegar. Saiba como pode participar.

É um acontecimento que só tem lugar uma vez por ano e já tem datas marcadas: 15 e 16 de julho. Durante estas 48 horas, a empresa de Jeff Bezos oferece aos clientes uma variedade de descontos em muitos produtos: eletrónica, tecnologia, livros ou brinquedos.

Os descontos do Amazon Prime Day, uma espécie de Black Friday fora da época, não estão disponíveis para qualquer utilizador, mas apenas para aqueles que são membros do Amazon Prime. Se já for membro, tem automaticamente acesso às ofertas, mas se quiser aproveitar os descontos da promoção pode fazê-lo diretamente no site.

Em muitos casos, os descontos de produtos eletrónicos poderão chegar aos 50%. Ao mesmo tempo pode descarregar também a aplicação da Amazon e seguir de muito perto os “Lightning Deals”, ou seja, os descontos que estão disponíveis apenas por algumas horas de cada vez e configurar os alertas.

Em 2018, registaram-se algumas dificuldades de utilizadores para aceder ao portal, quer na versão desktop, como na versão mobile. A empresa admitiu algumas falhas, mas realçou que muitas pessoas conseguiram comprar: “Na primeira hora do Prime Day nos EUA, os clientes fizeram mais encomendas do que na primeira hora do ano passado”, citou a CNBC.

Por exemplo, a oferta Prime Video é também gratuita durante 30 dias, mas só para clientes Prime. Ora, também podem subscrever o serviço prime gratuitamente durante 30 dias. Ou seja, acumulam as duas ofertas e têm filmes e séries durante 1 mês.

Recomendadas

Taxas Euribor renovam mínimos de sempre a três e seis meses e sobem a 12 meses

A taxa Euribor a seis meses desceu hoje para -0,350%, novo mínimo de sempre e menos 0,007 pontos que na sessão anterior.

É trabalhador independente? Conheça as novas regras da Segurança Social

Estes colaboradores têm até ao final deste mês de julho para entregar à Segurança Social a declaração de rendimentos correspondente aos últimos três meses (abril, maio e junho).

Afinal, posso ser multado se conduzir de chinelos?

Sendo Portugal um país conhecido pelas suas praias e pelo clima quente, com a chegada do verão a mesma pergunta volta a ser colocada: é ou não permitido conduzir de chinelos de acordo com a lei?
Comentários