Matos Fernandes: “14 trabalhadores não cumpriram requisição civil”

Ministro do Ambiente e da Transição Energética fez um ponto de situação relativamente à requisição civil decretada na segunda-feira. Onze destes camionistas já foram notificados e os restantes três continuam por localizar.

José Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e da Transição Energética, realçou em conferência de imprensa, realizada esta terça-feira à tarde, que os serviços mínimos foram genericamente cumpridos”, fazendo um balanço globalmente positivo da requisição civil ontem decretada.

Apesar deste ponto da situação favorável, Matos Fernandes revelou que foram identificados 14 trabalhadores que não cumpriram a requisição civil, sendo que onze destes trabalhadores já foram notificados.

Os restantes três camionistas continuam por localizar.

O ministro do Ambiente e da Transição Energética revelou que a Guarda Nacional Republicana recebeu a informação de que houve três camionistas em falta em no distrito de Faro, quatro no distrito de Lisboa e mais três no distrito de Setúbal, todos eles invocando baixa médica.

Por seu turno, segundo este governante, houve mais um caso de um motorista faltoso comunicado à Polícia de Segurança Pública, sendo que há ainda mais três motoristas sem paradeiro conhecido neste momento.

Relacionadas

Algarve e aeroporto de Lisboa vão ter abastecimento noturno

Às 18 horas desta terça-feira, o aeroporto de Lisboa tinha uma capacidade de 54,5% para abastecimento de combustível aos aviões, enquanto o de Faro tinha esse patamar assegurado em 94%.

“Cobardes” e “traidores”. Motoristas revoltam-se com colegas que querem “agradar aos patrões”

“A nossa revolta é porque estes cobardes estão a fazer isto para agradar aos patrões. Isto nem se trata de cumprir os serviços mínimos”, afirmou à agência Lusa um dos motoristas em greve, que se encontrava mais exaltado.
Recomendadas

Hotel da Barrosinha abre portas em Álcacer do Sal num investimento de cinco milhões de euros

Dispondo de 37 quartos standard, que inclui um quarto totalmente adaptado para pessoas com mobilidade reduzida e oito quartos comunicantes, e ainda duas suites, o Hotel da Barrosinha aposta na proximidade ao ritmo da natureza.

Ministro do Ambiente afirma que processo do lítio em Montalegre é “cristalino”

João Pedro Matos Fernandes afirmou que “é óbvio” que os argumentos das populações são importantes, bem com os das autarquias”, e lembrou que durante a avaliação de impacto ambiental vai decorrer uma consulta pública.

Novo Banco confirma que a venda carteira de malparado Nata II foi autorizada pelo Fundo de Resolução

O banco confirma assim a notícia avançada hoje pelo Jornal Económico. O Novo Banco já registou nas contas a venda da carteira de malparado ao fundo Davidson Kempner.
Comentários