Mercadona está a contratar. Veja aqui as vagas disponíveis

Este ano estão previstas duas aberturas no distrito de Aveiro, duas no distrito do Porto, a segunda loja no distrito de Braga, na cidade de Braga.

As próximas lojas na cadeia de supermercados da Mercadona já têm local, data de abertura e uma lista de vagas de emprego disponíveis.

De acordo com o site oficial da cadeia de supermercados, as próximas lojas vão abrir em Santo Tirso, no Porto a 29 de outubro e em Ovar, Aveiro a 21 de novembro, de acordo com o Dinheiro Vivo (DV), esta quarta-feira. E tanto uma, como outra, têm vagas de emprego por preencher. “Recrutamos para horário full-time e part-time para todas as secções do nosso supermercado: Talho, Charcutaria, Peixaria, Pastelaria e Padaria, Perfumaria, Caixas, Reposição, Fruta e Legumes, Pronto a Comer, Serviço ao domicílio, Limpeza, Carga e Descarga”, pode ler-se no site oficial da cadeia espanhola.

Em Portugal, a cadeia já dá emprego a cerca de 1100 colaboradores. Este ano, estão previstas aberturas no distrito de Aveiro, duas no distrito do Porto e a segunda loja no distrito de Braga, na cidade de Braga. Ao todo, em 2019 a cadeia deve abrir um total de 10 supermercados.

No mercado nacional, a cadeia poderá ter entre 150 a 200 lojas em Portugal nos próximos sete a oito anos. Só na região Norte a cadeia espanhola prevê abrir 70 supermercados

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Renegociar o crédito: o que deve saber

A “renegociação por incumprimento” demonstra uma renegociação e/ou novo contrato de crédito com a instituição financeira, em consequência de dívidas/prestações em atraso ou consolidação de créditos detidos e que estavam em incumprimento.

Multa de trânsito? Saiba como reclamar

Se cometer uma contraordenação de trânsito, perde pontos, paga pela infração e arrisca-se a ficar sem carta. Mas, caso não concorde, pode contestar.

Como lidar com a tecnologia quando os filhos vão para a Universidade

Cerca de 39% dos pais portugueses, que ainda estão numa fase inicial no uso de tecnologias e que têm os seus filhos a estudar fora, admitem enfrentar algumas dificuldades no dia-a-dia.
Comentários