Mercados abastecedores nacionais promovem consumo de fruta na Polónia

Neste XIII Congresso Internacional de Promoção das Frutas e Legumes, que decorre em Varsóvia, participam representações de cerca de 30 países de todo o Mundo.

A SIMAB – Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores termina hoje uma participação de dois dias num congresso internacional na Polónia dedicado à promoção do consumo de fruta e vegetais como fatores de uma alimentação saudável.

Este congresso é uma iniciativa da Associação Polaca de Produtores de Sumos (KUPS) e da AIAM5 – Aliança Global para a Promoção do Consumo de Frutas e Vegetais “5 ao Dia”.

“A participação da SIMAB num debate que pretende abordar a “ciência, negócios e processamento na política alimentar mundial” faz-se através da “Associação 5 ao Dia”, expressão da responsabilidade social da sociedade de capitais públicos que gere a rede de mercados abastecedores em Portugal”, explica um comunicado da empresa pública SIMAB.

A representação portuguesa definiu como objetivos desta participação abordar a evolução e resultados registados pelo “Programa 5 ao Dia”, “que sensibiliza e motiva para o consumo diário de frutas e vegetais como um exemplar projeto de responsabilidade social em Portugal”.

Neste XIII Congresso Internacional de Promoção das Frutas e Legumes, que decorre em Varsóvia, participam representações de cerca de 30 países de todo o Mundo.

De acordo com o programa da conferência, pretende-se fornecer aos participantes a discussão de temas atuais relacionados com a nutrição humana, políticas de promoção da saúde, produção de alimento e comércio internacional, a par da ideia “5 ao Dia”.

Segundo as entidades organizadores, o congresso – que acontece pela primeira vez na Polónia, depois de ter passado já pela Hungria, Espanha, México ou Colômbia, entre outros países – é “uma plataforma para a partilha de conhecimento, troca de experiências e ideias entre especialistas em nutrição, processamento, comércio e promoção”.

“Para a SIMAB, enquanto tutela da Associação “5 ao Dia”, a participação neste congresso revela-se de particular importância, porquanto estamos perante um momento de troca de saber sobre a promoção do consumo de frutas e vegetais, desiderato que a sociedade gestora dos mercados nacionais persegue como imperativo social”, refere um comunicado da empresa.

As frutas e os vegetais são um dos setores de maior atuação da SIMAB, responsável pela gestão dos mercados abastecedores de Lisboa, Minho, Alentejo e Algarve.

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Super Bock adere ao Plano Português para os Plásticos

A administração do grupo de bebidas garante que ao assinar este pacto está a comprometer-se a dar um contributo ativo para a concretização das respetivas metas, definidas até 2025.

Industriais de carnes requerem apoios à tesouraria para PME em dificuldade

Em entrevista exclusiva ao Jornal Económico, Carlos Ruivo, presidente da Associação dos Portugueses Industriais de Carnes, garante que os produtores não aumentaram o preço aos seus clientes, pelo que, se se registou algum aumento do preço dos produtos nas prateleiras das grandes superfícies “foi por uma decisão dos clientes”, ou seja, da cadeia de distribuição.

Gestora do Alqueva fechou 2019 com capitais próprios positivos em 40 milhões de euros

A EDIA subiu no ano passado o volume de negócios em 14%, para 33 milhões de euros, e do EBITDA em 16%, para 10 milhões de euros.
Comentários