Microsoft compra empresa de videojogos por mais de seis mil milhões de euros

Com o intuito de desenvolver mais jogos para a consola Xbox, a Microsoft anunciou a intenção de comprar a empresa dos jogos mais vendidos e mais aclamados pela crítica do setor, uma vez que a Bethesda tem um “portefólio impressionante de jogos, tecnologia, talento e um histórico de sucesso comercial”, aponta a empresa.

A Microsoft admitiu que poderá adquirir a empresa ZeniMax Media por 7,5 mil milhões de dólares (6,4 mil milhões de euros), com o objetivo de fortalecer o negócio dos videojogos, como a Xbox, apontou a empresa fundada por Bill Gates em comunicado. A ZeniMax Media é responsável pelas coleções “Fallout” e “the Doom”, e ainda a empresa-mãe da Bethesda Softworks.

A ZeniMax Media é atualmente uma das maiores empresas no ramo dos videojogos privados do mundo, com funções de desenvolvimento e edição. Com o intuito de desenvolver mais jogos para a consola Xbox, a Microsoft anunciou a intenção de comprar a empresa dos jogos mais vendidos e mais aclamados pela crítica do setor, uma vez que a Bethesda tem um “portefólio impressionante de jogos, tecnologia, talento e um histórico de sucesso comercial”, aponta a empresa.

Num investimento único numa indústria que gera mais de 200 mil milhões de dólares (170,4 mil milhões de euros) em receitas anuais, dá uma alavancagem à Microsoft, permitindo uma estratégia diferente no setor do gaming.

“O gaming é a categoria mais expansiva da indústria do entretenimento, uma vez que as pessoas de todo o mundo recorrem aos jogos para socializarem e jogarem com os seus amigos”, afirma Satya Nadella, CEO da Microsoft, em comunicado.

“O conteúdo diferenciado de qualidade é o motor por trás do crescimento e valor do Xbox Game Pass, que vai do Minecraft ao Simulador de Voo. Como uma editora de jogos comprovada, a Bethesda obteve sucesso em todas as categorias de jogos e juntos promoveremos a nossa ambição de capacitar mais de três mil milhões de jogadores no mundo”, continuou.

“Este é um momento incrível para ser um fã da Xbox. Só nos últimos dez dias, lançámos detalhes sobre as nossas duas novas consolas que estarão em pré-venda a partir de amanhã, lançámos jogos na cloud no Xbox Game Pass Ultimate e agora estamos a fazer outro investimento na parte mais crítica de nossa estratégia: gaming“, disse Phil Spencer, vice-presidente executivo de Gaming da Microsoft.

Este negócio é conhecido dias depois da Microsoft falhar a aquisição da rede social chinesa TikTok para outra grande empresa norte-americana, a Oracle.

Ler mais
Recomendadas

Comissão Europeia quer assegurar os direitos laborais dos trabalhadores da Uber e outras plataformas

A Comissão Europeia quer assegurar os direitos laborais dos trabalhadores de plataformas digitais como a Uber ou a Deliveroo, nomeadamente em situações de doença, acidente ou desemprego, e equaciona uma nova lei dirigida a estes profissionais.

NOS diz-se surpreendida com “insistência em argumentos já rebatidos” pelo presidente da Anacom

Na sequência da entrevista de Cadete de Matos ao Expresso, a NOS veio refutar várias das declarações sobre o leilão 5G e o mercado das telecomunicações nacional, falando num mercado competitivo de margens apertadas e defendendo que nada têm a ganhar com a partilha de investimento.

SDM estranha conclusões da investigação de Bruxelas sobre a Zona Franca da Madeira e sugere que o Estado português recorra para os tribunais

Recorde-se que a Comissão Europeia concluiu que o Regime III da ZFM beneficiou empresas de forma indevida, uma vez que não criaram emprego na ilha da Madeira, nem têm atividade naquela região.
Comentários