Migrações: ‘Eu vim de longe, de muito longe, o que andei pra aqui chegar’

O número de migrantes e refugiados a chegar à Europa atingiu o pico em 2015. Desde então, tem vindo a cair drasticamente. Itália, Grécia e Espanha têm servido de porta de entrada na Europa e têm sido os países que mais migrantes e refugiados têm recebido. Já os países mais ricos como a Alemanha e a Dinamarca têm tentado travar a circulação ilegal dos migrantes.

Recomendadas

Arte: China mantém apetite por obras de luxo

A China segurou a segunda posição dos maiores mercados de arte. Uma revolução cultural conquistada ao longo das últimas décadas. Em 1949 o colosso asiático tinha duas dezenas de museus. Hoje em dia, são mais de três mil, com uma abertura, em média, de 200 por ano. Este número é cinco vezes superior às inaugurações que aconteceram em território americano antes do ‘crash’ de 2008.

Mercado: jogadores que mais valorizaram com o treinador Bruno Lage

Promovido em janeiro, Bruno Lage passou pelo Seixal e levou para a Luz os ‘miúdos’ que revolucionaram o futebol do Benfica e transformaram a equipa numa máquina de marcar golos. Entre os cinco jogadores que mais valorizaram no plantel desde 3 de janeiro deste ano, estão dois juniores que ‘sentaram’ veteranos e um diamante que só precisava da titularidade para ‘explodir’.

Sardinha: capturas estão abaixo das 10 mil toneladas pela primeira vez

As capturas nacionais têm vindo a diminuir e, no ano passado, o valor atingiu o mais baixo desde que há registo. No território nacional, os pescadores portugueses já não podem pescar tanta sardinha como antigamente. As quotas de pesca estão fixadas pela Comissão Europeia. Ainda assim, as zonas do Centro e do Norte do País lideram a apanha do peixe mais consumido nos Santos Populares.
Comentários