Miguel Oliveira consegue a melhor qualificação do ano com o 13.º lugar na Áustria

O português Miguel Oliveira (KTM) conseguiu hoje a melhor qualificação do ano, ao conseguir o 13.º lugar na grelha de partida para o Grande Prémio da Áustria de MotoGP, a disputar no domingo.

O piloto almadense realizou a sua melhor volta em 1.24,130 minutos, liderando a primeira parte da primeira sessão, a Q1, que apura os dois melhores para a segunda e decisiva fase destes treinos cronometrados.

Seria já depois da bandeirada de xadrez que o italiano Francesco Bagnaia (Ducati) e o britânico Cal Crutchlow (Honda) bateriam o tempo do português, que de manhã tinha sido o 12.º mais rápido nos terceiros treinos livres e nono na quarta sessão.

Ainda assim, Oliveira ficou a 202 milésimos de segundo de se apurar para a Q2, batendo o francês Johann Zarco, da equipa oficial da KTM, e o malaio Hafizh Syahrin, seu colega na Tech3 KTM.

Desta forma, Oliveira vai sair para a 11.ª prova da temporada da 13.ª posição, a melhor qualificação nesta sua época de estreia na classe rainha do Mundial de Velocidade, batendo o 14.º posto conseguido logo na segunda corrida da época, na Argentina.

Atualmente, o piloto português ocupa o 18.º lugar do campeonato, com 18 pontos.

Recomendadas

Sérgio Conceição põe lugar à disposição após Sporting de Braga derrotar FC Porto na Taça da Liga

Treinador portista disse na “flash interview” que “falta união” na equipa do FC Porto, enfrentando forte contestação dos adeptos. Segundo troféu conquistado pelo Sporting de Braga agrava “maldição” do adversário, que nunca venceu a Taça da Liga apesar de ter ido a quatro finais.

Portugal termina Europeu de andebol na sexta posição

No jogo de disputa pelo quinto lugar Portugal perdeu com a Alemanha por 29-27.

PremiumDesportos eletrónicos: Indústria que vale mil milhões de euros está a crescer em Portugal

Há cada vez mais adeptos, clubes, eventos realizados e prémios distribuídos no universo dos eSports. As competições de futebol virtual já envolvem 250 clubes nacionais, enquadrados pela Federação Portuguesa de Futebol, e o Benfica foi o mais recente a entrar numa modalidade que já era aposta no Sporting.
Comentários