Ministro do Planeamento infetado com o novo coronavírus

Nelson de Souza fez o teste depois de o secretário de Estado do Planeamento ter sido diagnosticado com covid-19. O ministro permanece em isolamento profilático, tendo adotado o regime de teletrabalho.

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, está infetado com o novo coronavírus, permanecendo em isolamento, anunciou o executivo, dias após ter sido confirmado que o secretário de Estado do Planeamento tinha tido teste positivo.

“Na sequência do teste positivo à covid-19 do secretário de Estado do Planeamento, [Ricardo Pinheiro], conhecido no passado sábado, pelas 17h, o ministro do Planeamento foi submetido a teste, nesse mesmo dia à noite, tendo obtido resultado negativo”, indicou, em comunicado, o Ministério do Planeamento.

Apesar do resultado, Nelson de Souza ficou em isolamento profilático, adotando o regime de teletrabalho. No entanto, na quarta-feira, após apresentar “sintomas ligeiros”, submeteu-se a um novo teste, que “deu resultado positivo”.

Nelson de Souza vai assim continuar em isolamento, de acordo com “a prescrição e os procedimentos determinados pela Direcção-Geral da Saúde”.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.422.951 mortos resultantes de mais de 60,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Portugal contabiliza está em estado de emergência desde 9 de Novembro até 8 de Dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23h e as 5h, enquanto nos fins-de-semana e feriados a circulação está limitada entre as 13h de sábado e as 5h de domingo e entre as 13h de domingo e as 5h de segunda-feira.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Ler mais
Relacionadas

Portugal regista 6.383 casos e 82 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

As autoridades sanitárias contabilizaram mais 4.588 altas nas últimas 24 horas, elevando para 194.944 o número total de pessoas livres do vírus.
Recomendadas
Marta Temido em entrevista à RTP

Fecho imediato de todas as escolas vai ser discutido em Conselho de Ministros nesta quinta-feira

Ministra da Saúde admite que é possível chegar a 20 mil mortes causadas pela pandemia até março. Variante britânica do coronavírus SARS-CoV-2 representa 20% dos casos de infeção e poderá chegar aos 60%.

“Ingerência” ou “acusações falsas”? Caso do procurador europeu divide Parlamento Europeu

Apenas o grupo político europeu que integra o PS aceitou sem reservas as explicações do Governo português. O grupo político do PSD e CDS-PP diz que “disparates destes são próprios de outras latitudes” e que é preciso investigar o caso. Já o GUE/NGL, onde está o BE e o PCP, não se opõe à nomeação, mas lamenta “trapalhada grave” que ameaça manchar a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

PS pede a PSD que evite “aproveitamento partidário” da pandemia

“Temos de evitar que haja tentativas de aproveitamento partidário numa circunstância especialmente difícil, dramática, da nossa vida coletiva”, disse à agência Lusa o dirigente socialista, respondendo, assim, a Rui Rio, que pediu hoje ao primeiro-ministro, António Costa, para encerrar as escolas a partir de quinta-feira, de modo a conter a propagação do SARS-CoV-2.
Comentários