MK Premium adquire dois edifícios na região do Porto por 1,1 milhões de euros

A empresa espanhola comprou dois edifícios residenciais na zona da Ribeira e em Vila Nova de Gaia, que vão ser geridos como património. Aquisições permitem ao grupo fechar o ano com um volume de negócios superior a sete milhões de euros.

A MK Premium fez a aquisição de dois novos residenciais, por um valor de 1,1 milhões de euros, na região do Porto e que foram incorporados na sua carteira patrimonial. Estes dois prédios encontram-se em fase de estudo, já que a finalidade é recuperar o seu património arquitetónico, segundo revela a empresa em comunicado esta quarta-feira.

Um dos prédios fica no centro histórico do Porto, junto à Ribeira, na Rua de São Francisco, com uma área de 316 m2. O imóvel é composto por cinco pisos e agrega quatro apartamentos com aproximadamente 69 m2 e 62 m2, respetivamente. A operação ficou acordada por um valor total de 650 mil euros.

O segundo edifício fica em Vila Nova de Gaia na Rua Cândido dos Reis, e foi adquirido por um valor total de 500 mil euros. Este prédio tem 394 m2 e é composto por oito apartamentos. A empresa espanhola encerra o seu primeiro ano em Portugal com a compra de nove edifícios residenciais em Lisboa e no Porto, num investimento total superior a sete milhões de euros.

“Estas são as últimas aquisições da empresa no ano de 2018 e é muito especial que seja em Portugal, precisamente no ano em que abrimos os nossos primeiros escritórios internacionais no país luso vizinho. Estes dois últimos edifícios entram dentro da rota que a empresa irá desenvolver durante o próximo ano de 2019 para ampliar a nossa carteira patrimonial, antes do novo ciclo imobiliário que se avizinha”, refere Daniel Leiva, sócio fundador da MK Premium.

Recomendadas

Taxa de juro no crédito à habitação subiu para os 1,054% em janeiro

Esta percentagem representa um aumento de 0,1% pontos base (p.b), face a dezembro de 2018. Já a taxa de juros nos contratos celebrados nos últimos três meses, desceu para os 1,282%, menos 14,2 p.b. do que o registado no mês anterior.

Euribor mantêm-se a três, seis e 12 meses

As taxas Euribor mantiveram-se esta segunda-feira a três, seis e 12 meses em relação a sexta-feira.

Preços de venda e real valor das casas estão desajustados

A aquisição de casa própria é, normalmente, o maior investimento efetuado por uma família e geralmente o preço que pagam não é adequado ao valor real do imóvel. Uma correta avaliação do imóvel a adquirir é fundamental para decidir a compra de casa.
Comentários