Mobile World Congress na China vai juntar 20 mil pessoas

Os organizadores do evento, a GSMA, justificaram a realização do mesmo dizendo que “a combinação das medidas de prevenção da Covid e o vibrante sector de tecnologia do país significam que este é o único lugar que pode receber tal exposição no momento”.

Mobile World Congress | Flickr

São esperadas mais de 200 empresas e 200 mil pessoas no ‘Mobile World Congress’ (MWC) que vai decorrer em Shanghai, na China. O evento agendado para Barcelona em 2020, foi cancelado na sequência das preocupações relacionadas com a pandemia de Covid-19, mas em 2021 o irá mesmo acontecer nos moldes tradicionais, mediante algumas regras de segurança sanitária, como a limitação de público e a utilização obrigatória de máscara, segundo a “BBC”.

Os organizadores do evento, a GSMA, justificaram a realização do mesmo dizendo que “a combinação das medidas de prevenção da Covid e o vibrante sector de tecnologia do país significam que este é o único lugar que pode receber tal exposição no momento”. Acrescentam ainda que o congresso “ajudará a fortalecer a confiança da indústria global”.

A GSMA mantém esperança em realizar uma versão do MWC em Barcelona no final de junho, exigindo que os visitantes possuam um teste negativo à Covid-19 dentro de 72 horas após a chegada ao local.

Ainda assim, para alguns o planeamento de realizar o evento em Barcelona é irrealista. Segundo o analista Ian Fogg, através da sua página no Twitter, “é difícil ver muitas pessoas dispostas e capazes de viajar até o final de 2021”. Fogg acrescentou que “setembro talvez, junho é muito mais duvidoso”.

Outro dos eventos organizados pela GSMA, a E3 – exposição de videojogos que acontece anualmente em Los Angeles, ainda nada se sabe sobre a sua realização. Segundo a “BBC”, existe alguma especulação no sentido de o evento decorrer online, havendo sempre a hipótese de ser permitida a entrada limitada de público e mediante o cumprimento de regras de segurança sanitária.

Relacionadas

Mobile World Congress vai realizar-se em junho de 2021

A maior feira tecnológica da Europa, que estava agendada para março do próximo ano, voltou a ser adiada devido à pandemia. Barcelona recebe o evento entre os dias 28 de junho e 1 de julho e Xangai recebe a indústria das telecomunicações ainda antes, em fevereiro de 2021.
Recomendadas

Metade dos utilizadores de aplicações bancárias não sabe se os seus dados são vendidos

Este inquérito da ESET foi feito a «mais de dez mil utilizadores» do Reino Unido, EUA, Austrália, Japão e Brasil.

CEO do Twitter põe primeira publicação na rede social à venda. Já vale mais de 2 milhões

O ‘tweet’ de Jack Dorsey está à venda como um NFT, um token (ativo digital) certificado. Uma das maiores ofertas pelo ‘post’, feito em 2006, partiu de Justin Sun, o empreendedor chinês das criptomoedas que já venceu um leilão para um jantar de caridade de Warren Buffett.

Premium“Problema da transformação nas empresas está abaixo da comissão executiva”

O fundador da boutique de consultoria de gestão Evolution 4 All criou uma metodologia de inovação, ADAPT, que está a utilizar em clientes como o BNP Paribas.
Comentários