Moody’s: Preços das casas em Portugal vão subir 4% em 2020

Apesar da subida, esta variação representa um abrandamento face à subida de preços registada este ano. A agência de notação financeira norte-americana aponta que esta subida vai ter lugar num contexto de “uma robusta confiança do consumidor”, destacando também a descida do desemprego.

O preço das casas em Portugal vai subir 4% em 2020, prevê a Moody’s num relatório divulgado esta quarta-feira. “Uma forte subida do preço das casas [em Portugal], apesar de ter sido mais baixa nos últimos anos”, segundo o documento.

Apesar desta valorização, a variação de 4% regista um abrandamento face ao aumento de 7% a 8% previsto no ano passado pela Moody’s para 2019.

A agência de notação financeira estima subidas de entre 7% a 8% até 2020 no valor das casas.

A agência de notação financeira norte-americana aponta para a “confiança do consumidor robusta” no país, destacando também que o “desemprego vai descer ligeiramente”.

Analisando novos empréstimos à habitação, a Moody’s destaca que vai ter “algum recuo no empréstimo para habitação”.

A agência prevê uma subida de 1,7% do PIB português em 2020, com uma taxa de desemprego de 6%.

Olhando para outros países europeus, a maior subida no preço das casas vai ter lugar em: Espanha (5,5%), Irlanda  e Holanda (4,5%), Alemanha.

As menores subidas vão ter lugar em França (2,5%), Reino Unido (0,7%) e Itália (0%).

Este estudo analisa créditos à habitação, empréstimos para cartões de crédito, crédito ao consumo e automóvel, assim como empréstimos para pequenas e médias empresas (PME).

Ler mais

Recomendadas

“Já se demitiram?”. Ana Gomes reage aos ‘Luanda Leaks’ e pede afastamento de Carlos Costa

Ex-eurodeputada já reagiu à revelação dos ‘Luanda Leaks’ e pergunta se Carlos Costa e Fernando Teixeira dos Santos já se demitiram.

Site da APAF pirateado numa manifestação de apoio a Rui Pinto

O site da APAF, que entretanto já voltou à normalidade, surgia com uma configuração completamente diferente da habitual, já que era apresentada com uma foto de destaque de Rui Pinto.

PremiumPSD remete alterações ao OE para depois de eleições internas

Propostas dos sociais-democratas só dão entrada no Parlamento a partir da próxima semana. Direção de Rui Rio chama a si proposta de redução do IVA da eletricidade por ter “relevo político nacional”.
Comentários