Morreu Mário Wilson, o primeiro técnico português campeão pelo Benfica

Com 86 anos, morreu a velha glória do futebol português, Mário Wilson, que proferiu a célebre frase: “Qualquer treinador que vá para o Benfica arrisca-se sempre a ser campeão”.

Natural de Lourenço Marques, hoje cidade de Maputo, Mário Wilson, conhecido como “Velho Capitão”, começou ainda em Moçambique a jogar futebol no Desportivo de Lourenço Marques, atual Desportivo de Maputo.

Chegou com 19 anos a Portugal para jogar no Sporting Clube de Portugal e substituir o goleador Fernando Peyroteo, conquistando o campeonato nacional em 1951.

Depois seria defesa e, entre 1951/52 e 1963, representou a Académica de Coimbra, iniciando aqui a sua carreira de técnico, cuja marca principal surgiu como vice-campeão na época de 1966/67.

Primeiro técnico português a ser campeão pelo Benfica na época de 1975/76, numa equipa onde se evidenciaram os dianteiros Jordão e Nené, entre 1978 e 1980 comandou os destinos da Seleção Nacional, sendo célebres as controvérsias com outro grande nome do futebol e dos técnicos nacionais – José Maria Pedroto.

Orientou outros clubes, como Belenenses, Tirsense, V. Guimarães, Boavista, Estoril, Cova da Piedade, Louletano, Torreense, Olhanense, Águeda, FAR Rabat de Marrocos e Alverca, mas também voltou ao Benfica por diversas vezes, conquistando a taça nas épocas de 1979/80 e 1995/96, neste último caso na ressaca da passagem de Artur Jorge como treinador dos benfiquistas – o antigo goleador da Académica, do Benfica e do Belenenses fora, aliás, escolha sua para entrar na Luz como jogador.

A 13 de Julho de 1990 foi feito Comendador da ordem de Mérito.

Ler mais
Recomendadas

Cristiano Ronaldo pode render 515 milhões à Juventus já esta época

O clube italiano investiu 340 milhões de euros no português para as próximas quatro temporadas, mas esse valor pode ser ultrapassado já na presente época. Tudo depende dos resultados desportivos.

Hoje há ‘Jogo Económico’. Qual o segredo do sucesso do andebol português?

Nesta edição, que poderá ser vista no site do ‘Jornal Económico’ e nas redes sociais esta sexta-feira às 20h00, Miguel Laranjeiro, presidente da Federação Portuguesa de Andebol, vem ao programa para debater o estado do andebol português com os comentadores João Marcelino e Leonardo Ralha.

PremiumMelhores jogadores de ténis do futuro vêm à terra batida do Estoril

João Zilhão, diretor do Millennium Estoril Open, explicou a aposta para atrair os “futuros número um do mundo” para um torneio que está “enquadrado” com a economia e o ténis nacional.
Comentários