Mota Engil: carteira de encomendas em Angola ultrapassa 800 milhões de euros

No entender da Mota Engil, este valor é “fruto da dinâmica económica do país e da perspetiva de lançamento de alguns projetos significativos de promoção pública e privada

Mario Proenca/Bloomberg

A Mota Engil estima que a sua carteira de encomendas em Angola “deverá ultrapassar os 800 milhões de euros”, de acordo com informação prestada esta quinta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários .

“Na sequência de informações veiculadas por alguns meios de comunicação social, a MOTA-ENGIL S.G.P.S., S.A. (“MOTA-ENGIL”) confirma que a sua carteira de encomendas em Angola deverá ultrapassar os 800 milhões de euros”, lê-se no comunicado.

No entender da Mota Engil, este valor é “fruto da dinâmica económica do país e da perspetiva de lançamento de alguns projetos significativos de promoção pública e privada” sendo que “o Grupo prevê ainda um crescimento da carteira de encomendas na ordem dos dois dígitos no decurso do exercício de 2019”.

Recomendadas

Congresso tenta chegar a acordo com Trump sobre o muro com o México para evitar novo shutdown

A recusa do Congresso em dar o dinheiro para a construção do muro na fronteira com o México originou o shutdown mais longo da história, que durou 35 dias e afetou 800 mil empregados públicos, superando o custo do muro.

Obras públicas: AICCOPN revela “quedas significativas” em 2018

A entidade indicou que no ano passado “o volume total de concursos de empreitadas de obras públicas promovido, ou seja, objeto de anúncio em Diário da República, foi de 2.633 milhões de euros, menos 11% do que o apurado em 2017”.

Produção na construção abrandou para 3,1% em dezembro

Emprego no setor da construção aumentou 2,0%. A remuneração por pessoa ao serviço também aumentou para 1,7%.
Comentários