Mota Engil: carteira de encomendas em Angola ultrapassa 800 milhões de euros

No entender da Mota Engil, este valor é “fruto da dinâmica económica do país e da perspetiva de lançamento de alguns projetos significativos de promoção pública e privada

Mario Proenca/Bloomberg

A Mota Engil estima que a sua carteira de encomendas em Angola “deverá ultrapassar os 800 milhões de euros”, de acordo com informação prestada esta quinta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários .

“Na sequência de informações veiculadas por alguns meios de comunicação social, a MOTA-ENGIL S.G.P.S., S.A. (“MOTA-ENGIL”) confirma que a sua carteira de encomendas em Angola deverá ultrapassar os 800 milhões de euros”, lê-se no comunicado.

No entender da Mota Engil, este valor é “fruto da dinâmica económica do país e da perspetiva de lançamento de alguns projetos significativos de promoção pública e privada” sendo que “o Grupo prevê ainda um crescimento da carteira de encomendas na ordem dos dois dígitos no decurso do exercício de 2019”.

Recomendadas

Construção portuguesa faturou 10,8 mil milhões no estrangeiro

Reis Campos, presidente da AICCOPN, relembra a necessidade de criar uma associação única para o setor.

Mota-Engil prevê subida na faturação de 7,5% no primeiro semestre

A construtora encerrou o primeiro semestre deste ano com uma carteira de encomendas acima dos 5,2 mil milhões de euros, dos quais 75% fora da Europa.

Mota-Engil ganhou contratos de 175 milhões em Portugal no primeiro semestre

A empresa portuguesa já arrecadou este ano encomendas com um valor superior a 5,2 mil milhões de euros a nível mundial.
Comentários