Mota Engil: carteira de encomendas em Angola ultrapassa 800 milhões de euros

No entender da Mota Engil, este valor é “fruto da dinâmica económica do país e da perspetiva de lançamento de alguns projetos significativos de promoção pública e privada

Mario Proenca/Bloomberg

A Mota Engil estima que a sua carteira de encomendas em Angola “deverá ultrapassar os 800 milhões de euros”, de acordo com informação prestada esta quinta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários .

“Na sequência de informações veiculadas por alguns meios de comunicação social, a MOTA-ENGIL S.G.P.S., S.A. (“MOTA-ENGIL”) confirma que a sua carteira de encomendas em Angola deverá ultrapassar os 800 milhões de euros”, lê-se no comunicado.

No entender da Mota Engil, este valor é “fruto da dinâmica económica do país e da perspetiva de lançamento de alguns projetos significativos de promoção pública e privada” sendo que “o Grupo prevê ainda um crescimento da carteira de encomendas na ordem dos dois dígitos no decurso do exercício de 2019”.

Recomendadas

GEOTA coloca ação em tribunal para impedir construção da barragem do Fridão pela EDP

A ação foi colocada em tribunal a poucos dias de o ministro do Ambiente Matos Fernandes tomar uma decisão sobre a construção da barragem do Fridão pela EDP.

Somague ganha construção de estação do metro de São Paulo

A obra foi adjudicada por um montante de 14,5 milhões de euros (cerca de 62,2 milhões de reais) e terá um prazo de execução de 24 meses.

Grupo BCP desce abaixo dos 5% na Teixeira Duarte

No final de 2017 o Fundo e Pensões do BCP tinha 9,4% da Teixeira Duarte, construtora que é dominada em 50,4% pela TD SGPS.
Comentários