Multinacional Invillia quer contratar 600 pessoas até ao fim do ano

A empresa brasileira, que tem escritório em Lisboa, conta com 800 colaboradores e quer fechar 2021 com 1500. Para o efeito, tem a correr uma campanha que visa atrair profissionais de TI “talentosos, incompreendidos no emprego atual e apaixonados por inovação”.

A multinacional brasileira com escritório em Lisboa quer recrutar 100 profissionais de excelência no curto prazo, prevendo a contratação de cerca de 600 até final do ano. Há vagas em aberto para as funções de developer, software engineer, designer UX e product owner.

Para o efeito, a Invillia, que desenvolve inovações para ‘gamechangers’ globais, lançou a campanha ‘Hello Strangers’, instando “pessoas que se sentem ‘estranhas’ onde trabalham, a viverem uma experiência fantasticamente nova, numa ‘tech’ que compreende o gosto delas pelo extraordinário, pelo ‘geek’, pelo diferente”.

Com esta campanha, a empresa quer reforçar a ideia de que é uma alternativa universal, uma vez que a sede da empresa é virtual. “Enquanto as principais tecnológicas discutem a escassez de engenheiros e programadores e a possibilidade de um apagão no setor já em 2022, a Invillia aborda nesta ação uma outra perspetiva: a falta de espaço nas empresas para receber e desenvolver quem pensa diferente e quer ousar. Um deficit das próprias techs, e não do mercado”, explica Renato Bolzan, CEO da Invillia.

A estratégia é suportada numa campanha de ‘brand content’ com cinco histórias “geekcómicas” de cinco personagens que representam funções-chave na área das TI e brincam com a inquietude de se sentirem os “estranhos” no emprego atual. Além disso, durante os dois meses da campanha, estão previstas ações em comunidades de inovação e tecnologia, ”lives’ em diversos canais do universo ‘geek’ e micro eventos que abrirão conversas sobre o desafio de ser um “stranger”, tendências para o futuro, formação, conexão profissional-empresa no mundo remoto, inclusão e diversidade, entre outros temas que a Invillia elegeu como fundamentais.

A Invillia terminou o ano de 2020 com 800 colaboradores e um crescimento de 70% para um volume de negócios de 30 milhões de euros. A expectativa é manter uma taxa semelhante este ano e atingir os 1.500 colaboradores.

Recomendadas

Processo de despedimento coletivo está a ser finalizado, garante CEO da TAP

“Nesta crise, a TAP ajustou-se e definiu um novo plano – TAP 3.0. Ainda estamos na expectativa da sua aprovação, mas já iniciámos a sua implementação”, adiantou Christine Ourmières-Widener, na Conferência Internacional de Controlo de Tráfego Aéreo, que decorre no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

CEO da TAP afirma que crise dos combustíveis teve “impacto é negativo mas ainda não é possível quantificar”

“O resultado é negativo porque não é algo que pudesse ser previsto”, afirmou Cistine Ourmières-Widener, que falava na Conferência Internacional de Controlo de Tráfego Aéreo, promovida pela Associação portuguesa dos Controladores de Tráfego Aéreo (APCTA).

Combustíveis. Famílias com desconto de 10 cêntimos por litro até março, anuncia Governo

O desconto vai ser aplicado nos primeiros 50 litros mensais através do IVAucher, anunciou o ministro das Finanças. Medida custa 133 milhões aos cofres públicos e entra em vigor em novembro.
Comentários