‘Mundial’ das apps com oito aplicações portuguesas. Sabe quais são?

Sob a coordenação da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, foram já selecionadas as oito apps que representarão Portugal nos World Summit Awards.

Os World Summit Awards, concurso das Nações Unidas que seleciona e promove inovações digitais locais com impacto global, assumem-se como uma plataforma internacional que combina um conjunto de eventos com uma rede global de empreendedores, peritos, mentores, líderes de governo, académicos e sociedade civil. Este ano, abrange candidatos de cerca de 178 países.

O júri português acaba de selecionar os projetos nacionais, que agora irão competir a nível mundial, num processo coordenado pela APDC pelo sétimo ano consecutivo. Na próxima fase, um júri online, composto por peritos internacionais, avaliará e selecionará os melhores 15 a 18 projetos em cada uma das categorias a concurso. Posteriormente, um Grand Jury escolherá, de entre esta shortlist, os Global Champions do WSA 2017. Os vencedores nacionais, incluindo o projeto distinguido pelo BfK Awards – que esperam repetir o feito de 2016 da EDP Re:dy de ser Global Champion – terão também oportunidade de participar no 27.º Digital Business Congress, a realizar a 27 e 28 de setembro.

Os vencedores foram, por categorias:
Business & Commerce: yubuy – É uma plataforma baseada na cloud, que visa monetizar uma das maiores janelas de compras, através de uma solução t-Commerce. Desenvolvida por uma empresa com o mesmo nome, a yubuy permite ao público de televisão comprar diretamente, a partir de sua casa. Trata-se da forma mais conveniente de comprar remotamente, através de uma solução simples, conveniente, segura e contextualizada, que corre nas set-top boxes das televisões ou nas smart-tvs da Samsung.

Government & City Engagement: City Points Cascais – Desenvolvido pela Câmara Municipal de Cascais, é um programa de recompensas que incentiva as boas práticas de cidadania. A app permite ganhar pontos e com eles obter produtos e serviços. À medida que o utilizador realiza atividades pré-definidas nas áreas do ambiente, cidadania, responsabilidade social e mobilidade, entre outros, vai obtendo pontos que, acumulados, dão direito a diferentes vouchers, que podem ser trocados por prémios oferecidos por uma rede de parceiros locais. Com base na gamificação e no reconhecimento dos cidadãos, a app induz os participantes a assumir um papel ativo na transformação da comunidade num melhor local para viver.

Health & Well-Being: MyXimi – Lutar contra a solidão através da gamificação é o objetivo desta app, que liga idosos, familiares, amigos, profissionais de saúde, equipamentos médicos e sensores. Desenvolvida por uma empresa com o mesmo nome, a myXimi é uma aplicação fácil, perfeitamente adaptada e capaz que lutar contra a solidão, promovendo estilos de vida saudáveis através da interação, gamificação, realidade aumentada e computação cognitiva.

Culture & Tourism: SnapCity – Esta app liga visitantes e habitantes locais através de um chat online. Depois de terem comunicado, os visitantes são convidados a dar uma gorjeta ao local, de acordo com o seu nível de satisfação. A aplicação permite aos turistas poupar tempo e reforçar significativamente as suas experiências em viagens, enquanto os residentes podem ter acesso a um rendimento extra, ao partilharem o seu conhecimento e paixão sobre a cidade onde vivem, numa solução win-win.

Inclusion & Empowerment: Sharing Food Online – Esta solução do Banco Alimentar resulta da mais recente tecnologia assente na cloud, para responder à necessidade básica de alimentar os que não podem comprar os alimentos que precisam para viver com dignidade. Trata-se de um portal online para doações, que visa dar um suporte adicional aos canais tradicionais dos bancos alimentares.

Learning & Education: Biti – Desenvolvido pela GetBiti, é uma plataforma inteligente e segura, acessível através de dispositivos, onde as crianças mais pequenas podem jogar e aprender. Nos primeiros passos para o mundo digital, as crianças podem ter autonomia total e os pais podem desenhar os limites e tornarem-se mais conscientes do seu ritmo de desenvolvimento.

Environment & Green Energy: Planetiers – É um marketplace sustentável, desenvolvido pela empresa com o mesmo nome, onde fornecedores e consumidores sustentáveis de encontram. A plataforma agrega, promove e vende produtos e soluções sustentáveis para a vida do dia-a-dia. Promove todo tipo de consumíveis, casas eficientes, tecnologia, roupas, serviços sustentáveis e outras categorias, orientando o utilizador através de palavras-chave intuitivas e tornando as decisões mais fáceis.

Smart Settlements & Urbanization: EzyCities – É uma plataforma de eventos organizados por pessoas singulares, não profissionais, nas suas casas, jardins ou locais públicos. A ideia é permitir que todos transformem as suas capacidades e hobbies em eventos, vendendo-os através da aplicação. Por exemplo, se alguém é um bom cozinheiro, pode criar o próprio projeto de pic-nic, definir um preço e realizá-lo no local que entender.

Entre os candidatos nacionais a concurso, foi ainda selecionado o vencedor da distinção BfK Awards, o projeto HC Alert. Desenvolvido pela Hope Care, com a visão de construir um hospital em casa, através de uma plataforma de triagem que permite aos call centres médicos telemonitorizar dados de pacientes, o HC Alert é um sistema analítico aplicado a telemonitorização de dados de saúde. Baseado na cloud, cria uma plataforma de alertas, que liga fornecedores de e-saúde, e implementa regras clinicas e procedimentos que ajudam à triagem nos centros de atendimento medico.

Recomendadas

Do “Cartão Vermelho” ao “Fora de Jogo”: como combater as ilegalidades do futebol português? Veja o “Jogo Económico”

Acompanhe o “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Presidente da República diz que Alemanha e Volkswagen prometeram e cumpriram com Portugal

“A Autoeuropa correu bem porque, em primeiro lugar – como já disse o senhor primeiro-ministro -, nós mostrámos que éramos capazes de fazer bem feito”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, salientando que os portugueses também demonstraram ser capazes de ser consistentes na produção de qualidade, capacidade de resiliência e de inovação.

Portuguesa Blue Oasis Technology foi uma das startups vencedoras do programa das fundações Oceano Azul e Calouste Gulbenkian

A empresa, com menos de um ano de vida, desenha, constrói e instala “recifes” artificiais que permitem a, recuperação de ecossistemas marinhos danificados e a reversão do declínio da biodiversidade do oceano. Noruegueses da Tekslo Seafood e argentinos da FeedVax também se destacaram.
Comentários