Não ficou com o emprego com que sonhava? Siga estas dicas para superar a rejeição

“O essencial a fazer após uma rejeição é pensar naquilo que aconteceu, e o que pode retirar dessa aprendizagem. Pedir e escutar ativamente o feedback da sua entrevista é uma das melhores coisas que pode fazer quando enfrenta uma rejeição”, explica a consultora Robert Walters.

Esteve a preparar-se para uma entrevista de emprego durante uma semana e acabou por ser rejeitado? Aceitar a rejeição pode tornar-se difícil nestes caso, no entanto, com a mentalidade correta por tornar a experiência que não correu bem num oportunidade para desenvolver a carreira.

A consultora de recrutamento Robert Walters elaborou uma lista em como pode tornar a rejeição numa oportunidade para o futuro.

“O essencial a fazer após uma rejeição é pensar naquilo que aconteceu, e o que pode retirar dessa aprendizagem. Pedir e escutar ativamente o feedback da sua entrevista é uma das melhores coisas que pode fazer quando enfrenta uma rejeição”, explicam os responsáveis da consultora.

Caso não encontre razões para a rejeição, por recolher o máximo de feedback do recrutador ou da empresa que estava a contratar. “Se os comentários à sua performance lhe parecerem demasiado superficiais ou genéricos, não tenha medo de pedir uma avaliação mais detalhada”, esclareceu a empresa Robert Walters.

Após reunir o feedback necessário para melhorar no futuro, é importante refletir no que aconteceu ao longo do processo. “Se o processo foi por etapas, avalie a sua performance em cada uma e perceba se há algum aspeto que possa melhorar no futuro”, explica a empresa, uma vez que existe áreas de desenvolvimento e de melhoria para todos.

Identificar as zonas de aprendizagem para posteriormente construir um plano de desenvolvimento pessoal é o terceiro ponto indicado pela empresa. “Tome nota de quaisquer fraquezas ou problemas em relação aos quais pode fazer alguma coisa, e utilize-os como foco para lidar com a preparação da próxima entrevista que tiver”.

Ser realista é o quarto ponto apontado pela Robert Walters. “Por exemplo, se o entrevistador prefere alguém com experiência extensiva de gestão de clientes (que não é o seu caso), ou se procura alguém que fale a língua local (você não fala, ou não tão bem), entre outros requisitos que não encaixam com o seu perfil no momento, então é melhor pensar que a chave para o seu plano é focar-se nas coisas que pode mudar”, explica a empresa.

“A entrevista e processo de feedback podem fazê-lo compreender que, embora seja frustrante ser rejeitado, a oferta de emprego não era realmente o melhor encaixe para o seu perfil”, indica a Robert Walters. De forma a preparar-se para entrevistas futuras, a empresa aconselha a usar a experiência para filtrar futuras pesquisas de emprego.

“Desenvolver uma mentalidade resiliente e adaptável é essencial para o sucesso a longo-prazo”, indica. O fracasso deve ser visto como um desafio para crescer em termos de autoconhecimento, revela a Robert Walters, além de que “ultrapassar obstáculos no seu percurso de carreira vai aumentar as possibilidades de conseguir o trabalho certo”, e que sempre desejou.

Ler mais
Recomendadas

Dois semestres em vez de três períodos

Escolas vão poder organizar o ano letivo como quiserem, desde que apresentem um plano de inovação e este seja aceite pelo Ministério da Educação. A autonomia avança.

Hackers estão a passar vírus através de cópias dos jogos mais populares

Mais de 930 mil utilizadores foram atingidos por este tipo de ataques no período de Junho de 2018 a Junho de 2019.

Gasóleo vai ficar mais caro. Saiba onde estão os postos mais baratos

A partir de amanhã, o gasóleo sobe 1 cêntimo. Saiba onde estão os postos com os combustíveis mais baratos.
Comentários