Não passe frio. Informe-se, diz Deco

As famílias precisam de informação sobre medidas que poderão implementar na sua casa, melhorando o seu desempenho energético, considera a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

Os portugueses estão de novo confinados ao espaço de casa, procurando lutar contra a gravíssima pandemia que nos atormenta há quase um ano. Acresce a esta situação o período de muito frio que se sente em todo o país.

Portanto, a maioria dos consumidores está em casa (e por questões de segurança e saúde publica assim devemos continuar), resguardada do contágio e do frio. Porém, e como muitos cidadãos relatam à DECO,  estar em casa não é sinónimo de estar quente e confortável, aliás Portugal é o quinto país europeu onde os consumidores têm mais dificuldades em aquecer as suas casas: 19% da população tem dificuldades financeiras em manter a habitação a temperaturas adequadas ao inverno.

Se as más condições de construção dos edifícios são uma das principais  causas desta ineficiência energética, os preços elevados da energia são também responsáveis pela pobreza energética.

As famílias precisam de informação sobre medidas que poderão implementar na sua casa, melhorando o seu desempenho energético. É certo que algumas  exigem um investimento mais elevado (exemplo: substituir janelas ou melhorar o isolamento de paredes), porém outras  implicam um custo reduzido, como seja a calafetagem de janelas e portas. Mesmo para os investimentos mais elevados, existem programas de apoio a que poderás recorrer, como é o caso do Programa Edifícios Mais Sustentáveis, do Fundo Ambiental.

A DECO tem um Gabinete de Aconselhamento de Energia – GAE que  presta aconselhamento personalizado e detalhado sobre energia, em especial para pessoas que estejam em situação de pobreza energética.

O GAE pode avaliar o tarifário de energia de que o consumidor dispoe e apoiá-lo na escolha de outro mais adequado ao seu consumo. Há mudanças tarifárias e até de comercializador que poderão trazer alguma poupança ao orçamento familiar.

Se precisa de ajuda neste domínio, conte com o aconselhamento do GAE e agende já uma sessão de aconselhamento com este Gabinete da DECO (uma atividade do projeto – STEP (Soluções para Combater a Pobreza Energética) financiado pelo programa H2020 da UE) através do nº  de telefone: 213710200 ou energia@deco.pt

Ler mais
Recomendadas

Como saber a quem pertence uma referência multibanco?

Fique a par de tudo sobre a chamada referência multibanco, utilizada para realizar pagamentos, e descubra a quem pertence uma determinada entidade.

Atestado de residência: para que serve e como obter?

Se lhe for solicitado um atestado de residência sabe como o pode obter? Descubra aqui em que casos pode ser necessário e o que fazer para adquirir.

União de facto e casamento: quais as diferenças em termos de direitos?

Ouviu dizer que hoje em dia a união de facto produz os mesmos direitos do casamento? Não é verdade. Descubra aqui todos os contornos deste regime.
Comentários