Não sabe em quem votar? Este site ajuda-o a tomar uma decisão informada

Em Portugal, o processo eleitoral decorre apenas no domingo, dia 26, mas o aparecimento de novos partidos a candidatarem-se pode dificultar a escolha dos eleitores na hora das votações.

Esta quinta-feira, a Holanda e o Reino Unido vão eleger os seus representantes para o próximo Parlamento Europeu. Em Portugal, o processo eleitoral decorre apenas no domingo, dia 26, mas o aparecimento de novos partidos a candidatarem-se pode dificultar a escolha dos eleitores na hora das votações. Para os ajudar a tomar uma decisão de voto informada e combater a abstenção, a comunidade Global Shapers Lisbon criou um website que o vai informar de tudo o que precisa saber.

Na página criada pela comunidade Global Shapers Lisbon, ligada ao Fundo Económico Mundial, os eleitores podem encontrar a lista das 17 candidaturas que foram apresentadas junto do Tribunal Constitucional para concorrer a estas eleições europeias. Para cada um dos partidos candidatos, é apresentada informação para ajudar a perceber as diferentes propostas e perceber qual o candidato que se aproxima mais das suas ideologias.

“Percebemos que havia uma lacuna na informação disponível sobre estas eleições: só numa página do Tribunal Constitucional era possível encontrar a lista completa de candidaturas. Apesar de muitos meios de comunicação social fazerem cobertura das ações de campanha, essa cobertura tem tendência a focar-se no partidos maiores”, afirma o coordenador do projeto e membro dos Global Shapers Lisbon, Nuno Carneiro, em comunicado.

Entre a informação disponibilizada aos eleitores está o nome do cabeça de lista de cada um dos partidos (sem esquecer os mais pequenos), o contacto de email da candidatura, o grupo político europeu que cada um integrará, caso consiga eleger eurodeputados, e hiperligações para website da candidatura, programa e lista de candidatos. Além disso, há também uma secção com vídeos online dos debates na RTP1, SIC e TVI ou para outras páginas que podem ajudar os eleitores mais indecisos.

O coordenador do projeto explica que o website “permite a qualquer português perceber rapidamente todas as candidaturas, e o que defende cada uma”. “Já fomos contactados por várias pessoas que nos agradeceram porque esta página fez com que pela primeira vez se sentissem verdadeiramente informados para votar”, diz.

O website disponibiliza ainda uma hiperligação para um questionário que lhe vai dizer qual o partido político que lhe vai ajudar a determinar em quem deve votar nas eleições, partindo daquilo que são convicções de cada eleitor. Para os mais esquecidos ou mais desinteressados, esta página redireciona-o para outra página da União Europeia onde são expostas as razões pelas quais é importante votar.

Portugal vai eleger 21 eurodeputados para o Parlamento Europeu. As eleições europeias são, por norma, as que registam a maior percentagem de abstenção em Portugal. Nas últimas eleições, que decorreram em 2014, a abstenção atingiu o valor recorde de 66,2%.

Ler mais
Recomendadas

Guia do direito a férias: tudo o que precisa de saber

Fique a saber como pode gozar os seus dias de férias, a partir de quando, como funciona a marcação e ainda se pode acumular dias de férias do ano anterior.

Fenprof diz que apenas 30% das crianças regressaram ao pré-escolar

O levantamento feito pela Federação Nacional dos Professores tem por base informações relativas a 579 jardins de infância, contando-se neste número 91 agrupamentos completos, que totalizam 358 do total de jardins de infância considerados neste levantamento. Há agrupamentos “a deslocar crianças de uns jardins de infância para outros”.

País tem este ano 68 praias Zero Poluição e nenhuma fica no interior

As praias Zero Poluição, da associação Zero, representam 11% do total das 621 zonas balneares em funcionamento.
Comentários