Navigator propõe distribuir 99 milhões de euros em dividendos pelos acionistas

Se for aprovada, como tudo indica, esta proposta representa a distribuição de 0,1394 euros por cada ação da Navigator em circulação no mercado .A administração da Navigator justifica esta proposta com o facto de a empresa ter encerrado o exercício de 2019 com com resultados transitados no montante de quase 612 milhões de euros.

A The Navigator Company (ex-Portucel) enviou hoje, dia 30 de outubro, comunicados para a CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários a anunciar a realização de uma assembleia geral extraordinária para o próximo dia 24 de novembro, tendo como ponto único da ordem de trabalhos a proposta de distribuição de cerca de 99,138 milhões de euros pelos seus acionistas.

Se for aprovada, como tudo indica, esta proposta representa a distribuição de 0,1394 euros por cada ação da Navigator em circulação no mercado.

A administração da Navigator justifica esta proposta com o facto de a empresa ter encerrado o exercício de 2019 com com resultados transitados no montante de quase 612 milhões de euros.

“Na assembleia geral de 25 de junho, foi deliberado transferir os resultados líquidos das contas individuais do exercício de 2019, no montante de 168,3 milhões de euros, integralmente para a conta de reservas livres”, recorda a administração da Navigator num dos comunicados em questão, defendendo que “não existem impedimentos de conservação de capital nem outros legais ou estatutários à distribuição parcial de reservas inscritas na mencionada rubrica de ‘resultados transitados’, no valor de 99,138 milhões de euros”.

Os responsáveis da empresa sublinham que “após a distribuição do referido montante, a The Navigator Company, SA, continuará a ter uma situação líquida adequada para a prossecução da sua atividade, tendo em consideração os objetivos por esta estabelecidos para o efeito”.

 

Ler mais
Recomendadas

Diretor da Salesforce em Portugal: “Se as empresas investirem no digital sem pensar no médio e longo prazo a experiência do utilizador é má”

Estudo da tecnológica norte-americana conclui que a grande maioria (89%) dos clientes considera que a maneira como uma empresa age durante uma crise demonstra a confiança que é possível ter nela. “Os nossos planos investimento são pessoas, geração de emprego, que é sempre muito importante para a nossa economia”, diz Fernando Braz ao Jornal Económico.

Rede internacional de cabeleireiros critica promoção de “prestação de serviços de beleza ao domicílio”

A Jean Louis David, impedida de trabalhar devido às proibições decretadas pelo Governo durante o confinamento geral, “não considera aceitável que esta situação possa existir”, referindo-se à publicação do estudo que aborda o aumento da procura por estes serviços fornecidos em domiciliário.

Tecnológica IBM expande serviços de cloud híbrida com banca e saúde na mira

A “IBM Cloud Satellite” pretende permitir aos clientes – altamente regulados e com um grande volume de informação para processar -controlarem o armazenamento das suas informações e de grandes quantidades de dados online.
Comentários