NEC e Interpol fazem parceria para reforçar cibersegurança

O acordo entre as duas organizações irá substituir o assinado em 2014.

A NEC Corporation anunciou a conclusão de um acordo global de cibersegurança com a INTERPOL. Esta parceria irá substituir um outro acordo assinado em 2014.

A combinação da rede internacional da INTERPOL com as soluções de cibersegurança da NEC, irá auxiliar a investigação e análise de crimes cibernéticos complexos e sofisticados, contribuindo assim para fortalecer a segurança a nível internacional.

Através desta parceria, a NEC vai fornecer ao Programa de Cibercrime da INTERPOL serviços que contribuem para a investigação e detecção de crimes cibernéticos, incluindo a identificação de situações de cibercrime, a identificação de criminosos, a identificação de sinais de crime e, ainda, a formação dos investigadores de cibercrime e especialistas forenses pertencentes à INTERPOL.

PCGuia
Recomendadas

PremiumRangel Pharma vai investir mais 12 milhões de euros

Após dez anos de atividade na logística farmacêutica, Nuno Rangel, CEO do Grupo Rangel, revela um plano de investimentos a cinco anos para quase duplicar a área de armazenagem e criar mais 130 empregos em Portugal.

PremiumCEO da Unicre: “Depois do Porto, estamos em conversas para pagamento ‘contactless’ nos transportes em Lisboa”

Pioneira nos cartões de crédito em Portugal, a Unicre lança um ‘rebranding’ para salientar a base digital, atrair clientes jovens e abrir portas a mercados internacionais, revela o presidente da empresa, João Baptista Leite.

PremiumTesla tem bateria de sobra para dar mais energia às ações

Em 2020, os títulos da Tesla já valorizaram mais 36%. Ao Jornal Económico, o banco de investimento Jefferies explica que a elétrica de Elon Musk tem muito mais para dar para além dos carros.
Comentários