Nike anuncia fim da parceria com a Amazon

A estratégia da gigante americana toma agora uma nova face, impulsionada pela mudança de direção, depois da contratação do ex-diretor executivo do EBAY. A Nike tem investido bastante no mercado online, e através da internet viram as suas receitas triplicarem desde 2013.

A Nike anunciou hoje o fim da parceria e anunciou que os seus produtos vão estar agora disponíveis numa plataforma criada de raiz  para aproximar consumidores e empresa. O acordo durou apenas três anos e nunca chegou a combater eficazmente os produtos falsificados e a escalação de preços através de revendedores, segundo a Bloomberg.

A inflação dos preços dos seus produtos é um problema que a Nike vem tentando combater há muitos anos e, também, a venda ilegal de roupa e sapatilhas, que não abrandou, nem mesmo depois do acordo celebrado com a Amazon em 2017.

A estratégia da gigante americana toma agora uma nova face, impulsionada pela mudança de direção, depois da contratação do ex-diretor executivo do Ebay. A Nike tem investido bastante no mercado online, e através da internet viram as suas receitas triplicarem desde 2013.

Segundo a Bloomberg, a Amazon já estava preparada para a saída da Nike da sua plataforma, e numa tentativa de precaver a queda acentuada nas vendas foi criada uma plataforma paralela destinada a revendedores oficiais, continuando assim a ser possível a compra de produtos da Nike.

Ainda assim a venda de produtos contrafeitos continua a ser um problema para a Amazon, que até então tinha remetido estes problemas diretamente para as marcas. Agora a gigante de vendas americana anunciou um investimento de mil milhões de dólares para combater este tipo de produtos, numa tentativa clara de “limpar” a sua imagem, e garantir que os seus consumidores estão a comprar produtos originais, segundo a Bloomberg.

Recomendadas

Domingos Soares de Oliveira: “não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”

“Conforme é sabido, o nosso presidente tem uma relação pessoal com o treinador Jorge Jesus, portanto é natural que converse com o treinador, mas não não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”, vincou Domingos Soares de Oliveira.

Rui Gomes da Silva: “Aumento do empréstimo obrigacionista? Poderá servir para pagar os valores absurdos de Jorge Jesus”

Em entrevista ao JE, Rui Gomes da Silva coloca em causa o projeto desportivo da Benfica SAD e, a poucos dias da eventual confirmação do título por parte do FC Porto, o advogado questiona como é que “um clube intervencionado pela UEFA” quase ganha três títulos consecutivos ao Benfica que, de acordo com os seus responsáveis, tem apresentado resultados financeiros “do outro mundo”.

PremiumSem turistas ingleses, situação da indústria do golfe “vai ser dramática”

Decisão de Boris Johson pode provocar perdas de mil milhões de euros só nos meses de julho e agosto no setor do turismo. Presidente do Conselho Nacional da Indústria do Golfe “estranha” opção do Reino Unido, mas não crê em teorias da conspiração e admite que podem ter existido falhas do Governo de Portugal.
Comentários