Nike anuncia fim da parceria com a Amazon

A estratégia da gigante americana toma agora uma nova face, impulsionada pela mudança de direção, depois da contratação do ex-diretor executivo do EBAY. A Nike tem investido bastante no mercado online, e através da internet viram as suas receitas triplicarem desde 2013.

A Nike anunciou hoje o fim da parceria e anunciou que os seus produtos vão estar agora disponíveis numa plataforma criada de raiz  para aproximar consumidores e empresa. O acordo durou apenas três anos e nunca chegou a combater eficazmente os produtos falsificados e a escalação de preços através de revendedores, segundo a Bloomberg.

A inflação dos preços dos seus produtos é um problema que a Nike vem tentando combater há muitos anos e, também, a venda ilegal de roupa e sapatilhas, que não abrandou, nem mesmo depois do acordo celebrado com a Amazon em 2017.

A estratégia da gigante americana toma agora uma nova face, impulsionada pela mudança de direção, depois da contratação do ex-diretor executivo do Ebay. A Nike tem investido bastante no mercado online, e através da internet viram as suas receitas triplicarem desde 2013.

Segundo a Bloomberg, a Amazon já estava preparada para a saída da Nike da sua plataforma, e numa tentativa de precaver a queda acentuada nas vendas foi criada uma plataforma paralela destinada a revendedores oficiais, continuando assim a ser possível a compra de produtos da Nike.

Ainda assim a venda de produtos contrafeitos continua a ser um problema para a Amazon, que até então tinha remetido estes problemas diretamente para as marcas. Agora a gigante de vendas americana anunciou um investimento de mil milhões de dólares para combater este tipo de produtos, numa tentativa clara de “limpar” a sua imagem, e garantir que os seus consumidores estão a comprar produtos originais, segundo a Bloomberg.

Recomendadas

Mourinho explica porque viveu em hotel em Manchester: “Não queria lavar a roupa e não sei engomar”

“Tinha que lavar a roupa, e eu não quero. Não sei engomar. Tinha de cozinhar e depois as minhas refeições seriam sempre ovos mexidos com bacon porque é a única coisa que sei fazer”, disse o treinador português antes do embate entre o Tottenham e o seu antigo clube, o Manchester United.

Marcelo Rebelo de Sousa diz que é lógico condecorar Jorge Jesus

“Já verifiquei que todos os outros treinadores [José Mourinho e Manuel José] que venceram competições comparáveis àquela que venceu Jorge Jesus, todos foram condecorados, portanto é lógico que Jorge Jesus venha a ser também condecorado”, referiu o Presidente.

Lionel Messi vence a bola de ouro pela sexta vez

Eleito por seis vezes o melhor jogador do mundo, o argentino leva vantagem no confronto direto com o português e capital da seleção nacional, Cristiano Ronaldo.
Comentários