Noesis pretende contratar 100 colaboradores em 2020

A empresa vai recrutar developers, tech leads, project managers, business analysts, testers, DevOps e infrastructure specialists.

A Noesis anunciou que pretende integrar nas suas equipas entre 80 a 100 talentos, ao longo de 2020 de forma a  responder aos desafios colocados pelos clientes e continuar a crescer no mercado nacional e internacional.

A consultora, que celebra este ano 25 anos de actividade, aposta na valorização contínua da sua equipa e conta, actualmente, a Noesis conta com 860 colaboradores nos seus sete escritórios (Lisboa, Porto, Coimbra, Rio de Janeiro, Boston, Dublin e Roterdão).

A empresa prevê assim aumentar a sua equipa com perfis de developers, tech leads, project managers, business analysts, testers, DevOps e infrastructure specialists. Os candidatos devem ter um forte espírito de equipa, serem flexíveis, curiosos e audazes, movidos pela inovação e dispostos a aceitar desafios internacionais, para integrarem temporariamente os projectos da consultora fora do país.

Alexandre Rosa, CEO da Noesis, explica a estratégia da empresa: «Com as pessoas como um dos pontos-chave na organização, sabemos que a política de recursos humanos é decisiva para o sucesso das equipas, parcerias e projectos. Gostamos de dizer que o nosso sucesso é o sucesso de cada um dos nossos talentos e que são eles que escrevem a história da Noesis diariamente».

O responsável acrescenta de forma a consultora apoia os seus colaboradores: «A cultura organizacional está orientada para o crescimento das competências dos nossos talentos de forma a que se sintam realizados e acompanhados, é outro dos grandes pilares da nossa estratégia. Procuramos que as nossas pessoas participem activamente na vida da organização, movidas pela audácia e pelo conhecimento, de forma a que possam evoluir e contribuir para a evolução de todos os colegas e da marca Noesis».

PCGuia
Recomendadas

Ricardo Salgado. Tribunal rejeita pedido da defesa para suspender julgamento por diagnóstico de Alzheimer

A defesa do antigo banqueiro Ricardo Salgado tinha pedido a suspensão do processo, mas juiz considera que a doença não é razão suficiente para que as “capacidades de defesa do arguido estejam limitadas de tal forma que o impeçam de se defender de forma plena.

Presidente e vice-presidente da ASFAC integram a direção da associação europeia do sector

Duarte Gomes Pereira e Leonor Santos, Presidente e Vice-presidente, respetivamente, da Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC) foram eleitos para integrar a Direção da European Federation of Finance House Associations (Eurofinas).

WeWork chega ao mercado bolsista

Entrada no mercado de ações acontece depois do entrave criado pela pandemia e de uma Oferta Pública Inicial (IPO) falhada.
Comentários