NOS não renova patrocínio da Liga Portuguesa de Futebol

Após sete épocas, a NOS decide não renovar o contrato de patrocínio com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Presidente executivo da NOS, Miguel Almeida

A NOS manifestou a sua intenção de não renovar a parceria celebrada com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LFPF) com efeitos já a partir do final da atual temporada, a época 2020/2021.

“A NOS entende ser oportuno informar da sua intenção de não renovação da parceria que celebrou com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), após o término da época de 2020/2021, materializada no apoio como patrocinador principal e naming sponsor”, escreve a NOS em comunicado.

De acordo com a mesma informação, a operadora de telecomunicações indica que esta decisão resulta de uma avaliação que a empresa tem vindo a realizar há já alguns meses e da qual resultou a conclusão que, após sete épocas, o valor que esta parceria representava para ambas as partes e os objetivos que lhe estiveram subjacentes estarão totalmente atingidos”.

Apesar do término da ligação, a NOS destaca como positivo o “resultado da parceria ao longo das últimas épocas”: “O futebol português, com qual partilhamos os valores de ambição, proximidade e inovação, continuará a merecer um forte envolvimento da NOS, ainda que noutros formatos, e continuaremos a assumir um papel ativo, colaborando com todos os agentes da modalidade na construção de um ecossistema que se pretende competitivo e sustentável”.

Informa a NOS que até ao final da época de 2020/2021, a NOS continuará a trabalhar em estreita colaboração com a LPFP, “por forma a criar uma competição ainda mais dinâmica, mais interativa e mais espetacular para todos os adeptos de futebol”.

No início de fevereiro de 2015, e após seis meses sem patrocínio, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (então liderada por Luís Duque) anunciou o patrocínio com a NOS, numa cerimónia que contou com a presença de Miguel Almeida, CEO da NOS. Antes, a NOS (na altura designada de Zon) dividiu com a Sangres o patrocínio da Primeira Liga de futebol

Em julho de 2017, foi anunciada a renovação do acordo de três épocas entre a NOS e a Liga Portuguesa de Futebol, um contrato que termina agora, sem renovação, na época de 2020/2021.

Clubes colocam Proença em causa

A Liga de clubes vai debater a forma de governação do organismo em Assembleia Geral (AG), em 9 de junho, disse esta quinta-feira à Lusa fonte de um dos 18 clubes da I Liga representados na reunião de presidentes.

Esta reunião magna da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai servir para discutir a governação do organismo liderado por Pedro Proença e apreciar o apoio anunciado para os clubes da II Liga, entre outros pontos da ordem de trabalhos que solicitados pelos emblemas profissionais, explicou à Lusa uma fonte de um outro clube.

No encontro de líderes, o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, pediu a demissão dos clubes que integram a direção da LPFP, anunciando que iria agir judicialmente caso o campeonato não chegue ao fim, depois de terem sido dadas garantias que iria acontecer, confirmaram à Lusa as duas fontes.

A liderança de Proença tem sido questionada depois de ter sido divulgada uma carta do dirigente ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, solicitando a sua influência para fossem transmitidos em sinal aberto os restantes 90 jogos da I Liga, que tem reinício previsto para 4 de junho, depois da interrupção devido à pandemia de covid-19.

Ler mais
Relacionadas

Maioria de clubes da I Liga pede demissão de Pedro Proença

“Proença foi bastante criticado, com o Benfica a assumir um papel mais interventivo. Ao lado das águias estiveram emblemas como Sporting, Sporting de Braga, Marítimo, Famalicão ou Boavista. FC Porto, Paços de Ferreira ou Vitória de Setúbal não participaram”, escreve a “Bola Branca” no site da “Rádio Renascença”.

Jogos da Primeira Liga regressam dia 3 de junho. Consulte o calendário

Já está definido o calendário da 25.ª jornada da Liga, a primeira a ser disputada após a suspensão provocada pela pandemia de covid-19.
Recomendadas

PremiumApertem o cinto: ‘downgrade’ está a chegar à Liga portuguesa

Passes de jogadores desvalorizados, poder negocial todo do lado de quem compra, orçamentos que vão ter de ser adaptados à redução de receitas que se espera nos próximos anos, com bilheteira e patrocínios a cair e a operadora NOS a deixar de assegurar um terço das receitas da Liga a partir de junho de 2021. A pandemia acelerou a crise do futebol português e ninguém poderá desenvolver imunidade tão cedo.

Lisboa pode receber final da Liga dos Campeões já este ano, avança “New York Times”

A final da Liga dos Campeões está agendada para Istambul, mas vários órgãos de comunicação social internacionais, como o ‘New York Times’, avançam que a final pode decorrer em outro local, sendo Lisboa uma das hipóteses.

Sporting firma parceria com EDP e equipa Academia de Alcochete com 600 painéis solares para autoconsumo

A parceria prevê projetos de eficiência energética e sustentabilidade, a par com um novo contrato de fornecimento de energia, que vão permitir ao clube poupar pelo menos 180 mil euros por ano na fatura energética.
Comentários