NOS reforça operação em quatro municípios do Alentejo com rede de fibra ótica

Com esta expansão e aposta na fibra ótica no Alentejo, a Nos diz garantir “a disponibilização de uma oferta diversificada suportada em redes de última geração, contribuindo para um desenvolvimento mais equitativo do território nacional”.

Presidente executivo da Nos, Miguel Almeida | Foto de Cristina Bernardo

A Nos reforçou a sua presença em Borba, Castro Verde, Ferreira do Alentejo e Vidigueira ao expandir a oferta dos seus serviços em fibra ótica nestes quatro concelhos alentejanos, fez saber a empresa de telecomunicações esta segunda-feira, 15 de abril.

São mais de 24 mil habitantes, empresas e organismos destas autarquias que a “ter disponível uma oferta de serviços mais completa, convergente e competitiva”, lê-se em comunicado.

Aquando da apresentação dos resultados de 2018, a telecom liderada por Miguel Almeida fez saber que  tinha terminado o último ano com 4,4 milhões de lares cobertos com a sua rede fixa de última geração e que tinha investido 800 milhões de euros na expansão e modernização das suas redes de comunicações.

Recomendadas

Teixeira dos Santos: “Não tenho razões para me arrepender” da escolha de Carlos Santos Ferreira e Armando Vara

O Estado “nunca interferiu em qualquer operação” da Caixa Geral de Depósitos, garantiu ainda o ex-ministro das Finanças, na última comissão parlamentar de inquérito aos atos de gestão e recapitalização do banco público, que se realizou esta quarta-feira.

Apple considera mudar até 30% das operações da China para o Sudeste Asiático

A Índia e o Vietname são as opções cimeiras para a gigante tecnológica. A corretora Wedbush Securities sublinha que levaria pelo menos 2 a 3 anos a transferir 15% da produção de iPhones da China para outras regiões.

TAP concretiza maior operação em Bolsa desde 2012 no valor de 200 milhões de euros

A dona da companhia aérea nacional divulgou esta quarta-feira à tarde os resultados da oferta pública de subscrição das “Obrigações TAP 2019-2023”. O Jornal Económico sabe que a TAP quer captar mais 350 a 400 milhões de euros em futura abertura de capital.
Comentários