NOVA impACT! Challenges entra na fase de seleção

As soluções podem ser variadas, incluindo aplicações, ferramentas informáticas, dispositivos físicos ou um plano de negócios. Têm é que estar alinhadas com pelo menos um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

A segunda edição do NOVA impACT! Challenges, o programa promovido pela Universidade Nova de Lisboa para procurar contributos para responder aos desafios dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, está já em andamento e entrou na fase de seleção das ideias propostas.

O programa foi criado em 2020, em plena pandemia, e tem como lema “melhorando a sociedade hoje e no futuro”.

“A pandemia veio realçar ainda mais a importância da inovação e do empreendedorismo social na obtenção de respostas inovadoras pelo seu potencial de impacto e sustentabilidade”, diz ao Jornal Económico (JE) Hélder Lopes, responsável pelo Nova Impact Office.

O Nova impACT! Challenges conta com o apoio do Santander Universidades e destina-se a qualquer empreendedor que faça parte da comunidade académica, independentemente da universidade.

O período de receção de candidaturas terminou a 5 de outubro e, agora, sucede-lhe o período de seleção das melhores soluções.

Um júri vai escolher as 10 melhores ideias submetidas pelas equipas (constituídas por dois a cinco elementos) que contribuam para solucionar problemas relevantes a nível social e ambiental, “desde a promoção da inclusão social e do bem-estar físico e mental, à redução das desigualdades sociais e à promoção da recuperação económica de forma sustentável”, referem os promotores.

As soluções podem ser variadas, incluindo aplicações, ferramentas informáticas, dispositivos físicos ou um plano de negócios. Têm é que estar alinhadas com pelo menos um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

De 11 outubro a 5 de novembro, os candidatos selecionados terão acesso a workshops, com foco nas atividades a desenvolver, contarão com mentoria especializada e recursos da organização para desenvolverem uma prova de conceito ou um protótipo. Todas as equipas selecionadas ficam automaticamente habilitadas a receber 500 euros para apoio ao desenvolvimento da prova de conceito.

O NOVA impACT! Challenges terminará com a apresentação das soluções desenvolvidas em formato de pitch, no “Demo Day”, sendo avaliadas por um painel de especialistas. O melhor projeto receberá um prémio de dois mil euros.

Recomendadas
Universidade Aveiro

Colocados 9.154 alunos na segunda fase de acesso ao ensino superior. Veja aqui se entrou

Apresentaram-se a concurso 22953 candidatos nesta segunda fase, que tinham disponíveis 11649 vagas, às quais acresceram 1857 vagas libertadas por candidatos colocados e matriculados na primeira fase que foram agora colocados.

PremiumEnsino superior: mais verbas para ação social e alojamento

Reforço do valor das bolsas a atribuir a estudantes de mestrado e aumento do número de camas para os estudantes deslocados são as principais novidades para o ensino superior e a ciência.

Exames de acesso ao ensino superior podem ser usados durante quatro anos

Os exames nacionais vão poder ser utilizados na candidatura ao acesso ao ensino superior durante quatro anos após a sua realização, sendo que os alunos que optem por repetir as provas podem escolher a melhor qualificação.
Comentários