Novabase cessa contrato de liquidez com Haitong Bank

Durante o período em que o Contrato de Liquidez vigorou (de 3 de junho de 2009 a 3 de junho de 2019) foram compradas pelo Haitong 8,9 milhões de ações da Novabase e vendidas outras tantas.

A Novabase SGPS informou esta terça-feira o mercado da cessação do contrato de liquidez celebrado em 8 de maio de 2009 com o Banco Espírito Santo Investimento, cuja denominação social foi, entretanto, alterada para Haitong Bank.

“A cessação do referido Contrato de Liquidez tem por causa a denúncia comunicada pelo Haitong, nos termos do número 2 da Cláusula 4ª do Contrato de Liquidez, por carta datada de 27 de março de 2019”, diz a empresa portuguesa de Tecnologias da Informação, em comunicado.

Durante o período em que o Contrato de Liquidez vigorou (de 3 de junho de 2009 a 3 de junho de 2019) foram realizadas pelo Haitong um total de 19.498 transações sobre ações representativas do capital social da Novabase, o que resultou na aquisição pelo Haitong de mais de oito milhões de ações, na alienação pelo Haitong de um total de 8.942.745 ações, tendo neste âmbito sido paga a quantia total de 26,3 milhões de euros e recebida a quantia total de 26,2 milhões de euros.

A denúncia do contrato de liquidez produziu efeitos na presente data, tendo o último dia de vigência do contrato correspondido ao dia 3 de junho de 2019. Na presente data, a Novabase não detém qualquer saldo em contas junto do Haitong.

Recomendadas

PremiumRangel Pharma vai investir mais 12 milhões de euros

Após dez anos de atividade na logística farmacêutica, Nuno Rangel, CEO do Grupo Rangel, revela um plano de investimentos a cinco anos para quase duplicar a área de armazenagem e criar mais 130 empregos em Portugal.

PremiumCEO da Unicre: “Depois do Porto, estamos em conversas para pagamento ‘contactless’ nos transportes em Lisboa”

Pioneira nos cartões de crédito em Portugal, a Unicre lança um ‘rebranding’ para salientar a base digital, atrair clientes jovens e abrir portas a mercados internacionais, revela o presidente da empresa, João Baptista Leite.

PremiumTesla tem bateria de sobra para dar mais energia às ações

Em 2020, os títulos da Tesla já valorizaram mais 36%. Ao Jornal Económico, o banco de investimento Jefferies explica que a elétrica de Elon Musk tem muito mais para dar para além dos carros.
Comentários